Definido consórcio que tocará obras de adutora

O Consórcio Adutora do Agreste, formado pelas empresas Passarelli e PB Construções, foi o vencedor da licitação do primeiro lote da Adutora do Agreste; o consórcio tocará uma obra que beneficiará cerca de dois milhões de pessoas em 68 municípios do Agreste pernambuco, captando água do rio São Francisco e evitando a repetição de cenas como a retratada acima

Definido consórcio que tocará obras de adutora
Definido consórcio que tocará obras de adutora (Foto: BAPRESS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Leonardo Lucena_PE247 – O Consórcio Adutora do Agreste, formado pelas empresas Passarelli e PB Construções, foi o vencedor da licitação do primeiro lote da Adutora do Agreste, cujo resultado foi publicado pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) nesta quinta-feira (27) no Diário Oficial do Estado. Com um investimento de R$ 361,4 milhões na primeira etapa, o consórcio tocará uma obra que beneficiará cerca de dois milhões de pessoas em 68 municípios pernambucanos do Agreste, captando água do rio São Francisco.

Caso não haja contestação, o resultado do processo licitatório, que saiu com cem dias de atraso, será homologado e a contratação será efetivada no dia 8 de abril. O prazo previsto para a conclusão dos trabalhos é de dois anos.

O valor do orçamento proposto pelo consórcio Adutora do Agreste representa 20% a menos do custo previsto inicialmente pela Compesa, que era de R$ 461 milhões. De acordo com o presidente da estatal pernambucana, Roberto Tavares, esta economia será aplicada nas outras fases da obra. “Essa etapa é a primeira do maior conjunto de obras já realizado pela Compesa, que chegará a um montante de R$ 4 bilhões”, acrescentou. Os lotes 2,3 e 4 ainda estão em processo de julgamento de recursos.

Segundo o projeto, serão construídos 111 quilômetros de adutoras, uma estação de tratamento, uma estação elevatória (sistema de bombeamento) e dois reservatórios. As obras passarão pelos municípios de Caruaru, Belo Jardim, Pesqueira, Sanharó, São Caetano e Tacaimbó.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email