Delegacia fecha por falta de policiais

A delegacia de Santana do Mundaú está fechada há um ano por falta de policiais. Com cerca de 18 mil habitantes, o município dispõe atualmente de apenas quatro policiais militares

A delegacia de Santana do Mundaú está fechada há um ano por falta de policiais. Com cerca de 18 mil habitantes, o município dispõe atualmente de apenas quatro policiais militares
A delegacia de Santana do Mundaú está fechada há um ano por falta de policiais. Com cerca de 18 mil habitantes, o município dispõe atualmente de apenas quatro policiais militares (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Alagoas247 - O fechamento da delegacia de polícia de Santana do Mundaú levou a população a se queixar sobre o clima de instabilidade no município há um ano.
"Quando prende alguém na cidade, a viatura conduz o preso para a regional de União dos Palmares, que fica a 25 quilômetros, haja vista que a delegacia municipal foi fechada por falta de agentes da Polícia Civil", disse umpolicial militar que atua no Grupamento da Polícia Militar (GPM).

A delegacia municipal não apresenta nenhum problema estrutural, e, antes da interdição da regional de União dos Palmares ela recebia presos oriundos daquele município, inclusive com ala exclusiva para acomodar mulheres.

Com cerca de 18 mil habitantes, Santana do Mundaú dispõe hoje de apenas quatro policiais militares para atender o município.

Para o prefeito Marcelo Souza, "essa situação incomoda muito a população. Já tentei rever isso aí, com ajuda da prefeitura, se fosse o caso, mas nada da delegacia reabrir o que nos deixa vulneráveis".

Com gazetaweb.com

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email