Deputado pede atenção a cidades castigadas pela chuva

"Diante da atual situação de caos em que 16 municípios do baixo sul baiano se encontram por causa das fortes chuvas", entre eles Taperóa e Nilo Peçanha, o deputado estadual Alan Sanches (PSD) pede "apoio célere" ao governo do Estado. Estão em estado de emergência as cidades Presidente Tancredo Neves, Laje, Igrapiúna, Ituberá, Ipiaú, Nilo Peçanha, Ubatã, Cairu, Camamu, Valença, Teolândia, Taperoá, Aurelino Leal, Maraú, Ibirapitanga e Barra do Rocha

"Diante da atual situação de caos em que 16 municípios do baixo sul baiano se encontram por causa das fortes chuvas", entre eles Taperóa e Nilo Peçanha, o deputado estadual Alan Sanches (PSD) pede "apoio célere" ao governo do Estado. Estão em estado de emergência as cidades Presidente Tancredo Neves, Laje, Igrapiúna, Ituberá, Ipiaú, Nilo Peçanha, Ubatã, Cairu, Camamu, Valença, Teolândia, Taperoá, Aurelino Leal, Maraú, Ibirapitanga e Barra do Rocha
"Diante da atual situação de caos em que 16 municípios do baixo sul baiano se encontram por causa das fortes chuvas", entre eles Taperóa e Nilo Peçanha, o deputado estadual Alan Sanches (PSD) pede "apoio célere" ao governo do Estado. Estão em estado de emergência as cidades Presidente Tancredo Neves, Laje, Igrapiúna, Ituberá, Ipiaú, Nilo Peçanha, Ubatã, Cairu, Camamu, Valença, Teolândia, Taperoá, Aurelino Leal, Maraú, Ibirapitanga e Barra do Rocha (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - O deputado estadual Alan Sanches (PSD), "diante da atual situação de caos em que 16 municípios do baixo sul baiano se encontram por causa das fortes chuvas", entre eles Taperóa e Nilo Peçanha, pede "apoio célere" ao governo do Estado. Estão em estado de emergência as cidades Presidente Tancredo Neves, Laje, Igrapiúna, Ituberá, Ipiaú, Nilo Peçanha, Ubatã, Cairu, Camamu, Valença, Teolândia, Taperoá, Aurelino Leal, Maraú, Ibirapitanga e Barra do Rocha.

Alan Sanches, que tem representatividade na região e "grandes amigos", ficou "completamente sensibilizado" pela situação que abateu essas cidades. "Muitas pessoas perderam tudo que tinha e precisamos dar às mãos em prol desse povo. Estou indo ao governador e ao vice para que de alguma forma possamos colaborar de forma célere para diminuir o sofrimento dessas famílias", diz o parlamentar.

"As estradas vicinais ficaram quase todas interditadas por conta de deslizamentos de terra, 12 pontes foram destruídas. Ou seja, o estado é de calamidade. Em Taperoá e Nilo Peçanha, por exemplo, os munícipes estão literalmente ilhados. Ninguém pode chegar e nem sair", lamentou o deputado.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247