Deputado petista critica Brasil Mais Seguro

Deputado reeleito e líder do PT na Assembleia Legislativa de Alagoas, Ronaldo Medeiros afirma que o Programa Brasil Mais Seguro, do Governo Federal, implantado em conjunto com estados e municípios, precisa ser modificado; para ele o atual modelo não serve

Deputado reeleito e líder do PT na Assembleia Legislativa de Alagoas, Ronaldo Medeiros afirma que o Programa Brasil Mais Seguro, do Governo Federal, implantado em conjunto com estados e municípios, precisa ser modificado; para ele o atual modelo não serve
Deputado reeleito e líder do PT na Assembleia Legislativa de Alagoas, Ronaldo Medeiros afirma que o Programa Brasil Mais Seguro, do Governo Federal, implantado em conjunto com estados e municípios, precisa ser modificado; para ele o atual modelo não serve (Foto: Voney Malta)

Alagoas247 - De posse dos resultados do Programa Brasil Mais Seguro, o líder do PT na Assembleia Legislativa de Alagoas, deputado Ronaldo Medeiros, defendeu uma série de mudanças nas ações implementadas em conjunto pelos governos estadual e federal no combate à criminalidade. O alerta foi dado na sessão ordinária desta quarta-feira (26).

Para o deputado Ronaldo Medeiros, ao fim de mais um ano de execução do programa, foi possível observar que os resultados esperados pela população não chegaram nem perto do desejado. "O modelo atual não serve, todos sabemos disso. Basta olhar os indicadores sociais. Se mata em Alagoas sem dia e hora. Essa realidade precisa mudar", expôs o parlamentar.

Ainda segundo Medeiros, enquanto as metas do programa não tiverem como foco a educação, Alagoas seguirá como o estado campeão no número de crimes, sobretudo de assassinatos.

"Cansei de andar pelo estado e encontrar a falta de Estado. Não há escolas e nem acolhida para o lazer social. Sem isso, não há como reverter o quadro atual. Repensar, recriar e ouvir os clamores da sociedade é o caminho", emendou o deputado.

As críticas aconteceram no mesmo dia em que o governador eleito de Alagoas, Renan Filho (PMDB), se reúne, em Brasília, com o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo e a secretária Nacional de Segurança, Regina Miki, para conhecer, de forma detalhada os resultados do Plano Brasil Mais Seguro, implantado em Alagoas em 2012
Com gazetaweb.com

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247