Deputados realizam audiência em defesa dos trabalhadores da JBS na Alesp

A ideia dos parlamentares é defender os interesses dos trabalhadores das empresas da JBS; no acordo de leniência, firmado entre a JBS e o Ministério Público, não há previsão de medidas compensatórias aos trabalhadores; o bloqueio dos bens do grupo pode causar ainda mais desemprego nas empresas ligadas à JBS  

Alesp
Alesp (Foto: Charles Nisz)

SP 247 - A Assembleia Legislativa de São Paulo, realiza na próxima terça-feira, 24, uma Audiência Pública que discutirá medidas de proteção ao emprego e aos trabalhadores da JBS. O evento é organizado pelos mandatos do deputado federal Paulo Teixeira e dos deputados estaduais Luiz Fernando Teixeira e Teonilio Barba.

Com o bloqueio de bens dos irmãos Batista, que são investigados no âmbito da lava jato, a ideia dos parlamentares é auxiliar a defesa dos interesses dos trabalhadores da companhia, uma vez que o acordo de leniência do Ministério Público (MPF) com a JBS não prevê medidas compensatórias aos funcionários em caso de venda ou fechamento das unidades. O quadro de desemprego pode se agravar diante do grande endividamento e das investigações em torno da companhia, cuja cúpula é alvo de diversas apurações envolvendo corrupção na relação da empresa com setores da administração pública.

É preciso lembrar que a companhia é uma gigante do setor de proteína animal, que recebeu nos últimos anos aportes bilionários de recursos públicos, por meio de políticas de fomento, fazendo com que hoje 27% das ações estejam em nome da Caixa Econômica e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o que torna obrigatório que se protejam os mais de 120.000 empregados diretos da empresa, que fazem da JBS a maior empregadora privada do país. Somam-se a este número os seis postos indiretos que cada um dos empregos diretos movimenta na cadeia de produção.

Já há relatos sobre demissões em massa praticadas pela JBS em diversos estados, fazendo com que o número de empregados diminuísse em dezenas de milhares desde 2015. No estado de São Paulo, a JBS está presente nas cidades de Presidente Venceslau, Santana de Parnaíba, Andradina, Jaguariúna, Lins, Presidente Prudente, Amparo, Barretos, Osasco, Cubatão, Itapetininga, Nuporanga, Rio Grande da Serra e Presidente Epitácio.

Serviço:
Audiência Pública em defesa dos trabalhadores da JBS
24 de outubro - 18h
Auditório Paulo Kobayashi da Alesp
Av. Pedro Álvares Cabral, 201 - Ibirapuera

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247