Desmatamento para BRT é injustificável, afirma Pelegrino

Para o deputado federal Nelson Pelegrino (PT-BA), as obras do BRT Lapa-Iguatemi, que causará grande impacto ambiental, pouco contribuirá com a melhoria da mobilidade urbana de Salvador. O parlamentar considera fundamental encontrar uma solução efetiva e que preserve o meio ambiente

Nelson Pelegrino
Nelson Pelegrino (Foto: Lais Gouveia)

Bahia 247 - Para o deputado federal Nelson Pelegrino (PT-BA), as obras do BRT Lapa-Iguatemi, que causará grande impacto ambiental, pouco contribuirá com a melhoria da mobilidade urbana de Salvador. Centenas de árvores do canteiro central das Avenidas ACM e Juracy Magalhães serão arrancadas, enquanto os rios Lucaia e Camarajipe serão canalizados e cobertos.

“É preciso ter diálogo com a cidade para não acontecer como nas obras da Barra e da Estação da Lapa, que fracassaram. A prefeitura deveria deixar o orgulho e a disputa política de lado e investir numa solução definitiva, como o VLT (Veículos Leves sobre Trilho) ou uma “perna” do metrô” – afirmou o deputado. O BRT custará R$ 1 bilhão aos soteropolitanos e é considerado o mais caro do Brasil.

O importante, ainda de acordo com Pelegrino, é “encontrar uma solução efetiva e que preserve o meio ambiente”. Um abaixo-assinado contra a “derrubada das 579 árvores”, de iniciativa do Movimento Salvador sobre Trilhos, já soma mais de 23 mil assinaturas na internet.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247