Dilma vai a Minas para dois dias de combate a Aécio

Presidente estará em Belo Horizonte, principal reduto eleitoral do pré-candidato tucano, como candidata e chefe do Executivo; na noite desta segunda-feira, ela participa de um evento do PT em comemoração aos dez anos no poder; na terça, entregará unidades do Minha Casa Minha Vida na região metropolitana da capital mineira; principal objetivo de seus discursos será desfazer o que Aécio vem tentando emplacar nos últimos meses, como as críticas ao governo federal e a ideia de que o Estado tem recebido pouca atenção

Dilma vai a Minas para dois dias de combate a Aécio
Dilma vai a Minas para dois dias de combate a Aécio
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 – Depois de percorrer o Nordeste anunciando recursos contra a seca e equipamentos para a agricultura, a presidente Dilma Rousseff terá como próximo destino o principal reduto eleitoral de seu opositor, o pré-candidato do PSDB à presidência da República, senador Aécio Neves. Ela visita Belo Horizonte para participar de um ato político do PT, em comemoração aos dez anos no poder, e anunciar unidades do programa do governo federal Minha Casa Minha Vida na região metropolitana da capital mineira.

De acordo com um interlocutor da presidente, as intenções de Dilma nos estados nordestinos, até agora, foram aproximar o governo do povo. Em Minas, o intuito é outro: desfazer o discurso que Aécio tentou emplacar nos últimos meses, o de que o Estado recebe menos atenção do governo federal do que merece. O discurso da presidente, portanto, buscará funcionar como antídoto às afirmações do tucano, que chegou a chamar Dilma de "estrangeira" em Minas quando ela se envolveu na disputa pela prefeitura de BH, em 2012.

E Dilma tem ainda um forte trunfo para usar em suas falas: ela também nasceu em Belo Horizonte, como seu adversário, e pode se declarar com tantas afinidades com o povo mineiro como o tucano. Como vantagem, a presidente carrega aprovação pessoal de 79%, segundo a última pesquisa Ibope encomendada pela CNI, enquanto Aécio tem 10% de intenção de voto, de acordo com o levantamento do Datafolha, número considerado "ótimo" pelo senador, que ressalta que "ainda estamos muito distantes das eleições".

A presidente parte no final do dia para BH, onde participará, às 19h, da terceira edição do seminário "O Decênio que Mudou o Brasil", na companhia do ex-presidente Lula. A principal pauta do ato político será destacar os avanços e os desafios da educação nessa última década. Antes, às 16h, o cacique petista receberá o título de cidadão honorário de Minas Gerais na Assembleia Legislativa do Estado, evento que será transmitido ao vivo pela TV Assembleia, mas sem a presença da presidente, que mudou a agenda de última hora.

Na terça-feira 16, a presidente Dilma estará em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte, às 9h, onde entregará um conjunto de edifícios do Minha Casa Minha Vida. Em seguida, ela entrega retroescavadeiras e motoniveladoras a 108 prefeituras – segunda fase do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento), além de 19 ônibus escolares. Em seu último compromisso, no final da manhã, será anunciada a retomada da produção de insulina no País, projeto da empresa Biomm, controlada pela família de Walfrido dos Mares Guia, ex-ministro de Lula.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247