Do PT, Nicolau Esteves sai em defesa de Amastha

O ex-secretário da Saúde de Palmas na gestão de Carlos Amastha (PP) criticou a nota da direção estadual do PP, divulgada nesta sexta-feira, que sugere a saída de Amastha do partido, pelo fato do prefeito ter criticado a decisão do PP apoiar a reeleição do governador Sandoval Cardoso (SD); "É lamentável que o líder que conduziu o PP ao comando da maior cidade do Estado, numa memorável campanha política em que os eleitores viraram a página do passado e votaram pela mudança, não tenha o devido reconhecimento por parte de seus próprios correligionários", diz Nicolau Esteves 

O ex-secretário da Saúde de Palmas na gestão de Carlos Amastha (PP) criticou a nota da direção estadual do PP, divulgada nesta sexta-feira, que sugere a saída de Amastha do partido, pelo fato do prefeito ter criticado a decisão do PP apoiar a reeleição do governador Sandoval Cardoso (SD); "É lamentável que o líder que conduziu o PP ao comando da maior cidade do Estado, numa memorável campanha política em que os eleitores viraram a página do passado e votaram pela mudança, não tenha o devido reconhecimento por parte de seus próprios correligionários", diz Nicolau Esteves 
O ex-secretário da Saúde de Palmas na gestão de Carlos Amastha (PP) criticou a nota da direção estadual do PP, divulgada nesta sexta-feira, que sugere a saída de Amastha do partido, pelo fato do prefeito ter criticado a decisão do PP apoiar a reeleição do governador Sandoval Cardoso (SD); "É lamentável que o líder que conduziu o PP ao comando da maior cidade do Estado, numa memorável campanha política em que os eleitores viraram a página do passado e votaram pela mudança, não tenha o devido reconhecimento por parte de seus próprios correligionários", diz Nicolau Esteves  (Foto: Aquiles Lins)

Tocantins 247 - O ex-secretário de Saúde de Palmas Nicolau Esteves entrou em campo nesta sexta-feira, 30, para demonstrar apoio ao prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP). Esteves, que é filiado ao PT e foi cotado durante meses como pré-candidato a governador do partido, criticou a nota da direção estadual do PP, divulgada nesta sexta-feira, que sugere a saída de Amastha do partido, pelo fato do prefeito ter criticado a decisão do PP apoiar a reeleição do governador Sandoval Cardoso (SD). 

"É lamentável que o líder que conduziu o PP ao comando da maior cidade do Estado, numa memorável campanha política em que os eleitores viraram a página do passado e votaram pela mudança, não tenha o devido reconhecimento por parte de seus próprios correligionários", diz Nicolau Esteves na nota. 

Leia a íntegra. 

“Li com perplexidade a nota oficial do Partido Progressista do Tocantins, em que os dirigentes da legenda, referindo-se ao prefeito Carlos Amastha como apenas ‘um de nossos filiados’, procura minimizar sua importância no cenário político do Estado. É lamentável que o líder que conduziu o PP ao comando da maior cidade do Estado, numa memorável campanha política em que os eleitores viraram a página do passado e votaram pela mudança, não tenha o devido reconhecimento por parte de seus próprios correligionários. O prefeito Carlos Amastha, a quem tive a honra de servir como secretário de Saúde, merece respeito não apenas pela titularidade do cargo, mas sobretudo pelo excelente trabalho que vem realizando na gestão municipal. É um quadro que honra qualquer partido, inclusive o PT.

Nicolau Esteves, ex-secretário municipal de Saúde"

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247