Doria transformou a Guarda Civil em segurança particular

Desde a posse de João Doria (PSDB) como prefeito de São Paulo, em 1º de janeiro, um carro e uma base comunitária da GCM (Guarda Civil Metropolitana) fazem vigilância em frente à casa do tucano, no Jardim Europa (zona oeste); há guardas-civis 24 horas por dia. Os dois prefeitos anteriores, Gilberto Kassab (PSD) e Fernando Haddad (PT), não tinham guardas-civis na porta de suas residências 24 horas por dia; segurança era feita em ocasiões específicas, como em dias de protestos

Doria guarda civil
Doria guarda civil (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP 247 - Desde a posse de João Doria (PSDB) como prefeito de São Paulo, em 1º de janeiro, um carro e uma base comunitária da GCM (Guarda Civil Metropolitana) fazem vigilância em frente à casa do tucano, no Jardim Europa (zona oeste). Há guardas-civis 24 horas por dia. Os dois prefeitos anteriores, Gilberto Kassab (PSD) e Fernando Haddad (PT), não tinham guardas-civis na porta de suas residências 24 horas por dia. A segurança era feita em ocasiões específicas, como em dias de protestos.

As informações são de reportagem de William Correia do Agora.

"A reportagem constatou a presença dos guardas na manhã desta segunda (23), enquanto Doria cumpria agenda como prefeito. O aparato da GCM fica em frente a uma casa tida como abandonada por agentes e frequentadores do bairro, com visão para a entrada do imóvel do prefeito, que já tinha um segurança particular em seu portão. Um dos guardas, que não quis se identificar, disse que o serviço no local é ininterrupto, "com quatro ou cinco agentes trocando o turno".

Na campanha eleitoral, Doria prometeu que tiraria da GCM a obrigação de aplicar multas de trânsito, para retorná-la ao que chamou de "sua verdadeira função".

A gestão Doria disse, em nota, haver amparo legal para manter os guardas-civis em frente à residência do prefeito. Afirmou que a iniciativa foi da Secretaria de Segurança Urbana, por se tratar de uma casa, e não um condomínio."

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email