Eduardo propõe criação de sistema nacional de prevenção e atenção às vítimas de desastres

Segundo o governador de Pernambuco, o maior desafio não é a assistência no primeiro momento após as catástrofes, mas sim, quando os voluntários retomam sua vida normal e os recursos disponibilizados precisam ser liberados

Eduardo propõe criação de sistema nacional de prevenção e atenção às vítimas de desastres
Eduardo propõe criação de sistema nacional de prevenção e atenção às vítimas de desastres (Foto: Montagem PE247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Leonardo Lucena_PE247 - No seminário Desastres Naturais – Ações Emergenciais, na última segunda-feira (28), em Brasília, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), propôs a criação de um Sistema Nacional de Prevenção e Atenção às vítimas das enchentes na Zona da Mata Sul pernambucana, em 2010 e 2011. Segundo o gestor, o maior desafio não é a assistência no primeiro momento após as catástrofes, mas sim, depois dos primeiros trinta dias. "É quando os voluntários retomam sua vida normal e os recursos disponibilizados precisam ser liberados", alertou.

Depois das consequências lamentáveis das cheias que devastou vários municípios pernambucanos, o governo Eduardo Campos deu início à Operação Reconstrução com o apoio do Tribunal de Contas da União (TCU). "Precisamos empreender um grande esforço nacional rumo a um sistema de prevenção que atenda às necessidades do momento. Temos recursos e conhecimento científico pra isso", disse o governador.

O executivo também enfatizou a criação do Comitê de Crise em sua gestão. "Queremos mostrar como montamos nosso Comitê de Crise, disponibilizar os textos dos decretos, redigidos com o apoio do TCU, do TCE, do Ministério Público e do Judiciário dando respaldo às primeiras contratações emergenciais”, completou.

Estiveram presentes no encontro ministro do Tribunal de Contas da União, Aroldo Cedraz, coordenador do evento, e o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE). Também compareceram os governadores Jacques Wagner (PT-BA), Antônio Anastasia (PSDB-MG) e Omar Aziz (PSD-AM), além dos vice-governadores Luiz Fernando de Souza (PMDB-RJ), José Thomaz Nonô (DEM-AL).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247