Edvaldo assina contratação de 236 novos professores para Educação

A rede municipal de ensino de Aracaju passa a contar com 236 novos educadores; o prefeito Edvaldo Nogueira assinou os contratos dos aprovados no processo seletivo simplificado, que atuarão como professores substitutos por um prazo de até dois anos; o objetivo é zerar o déficit de profissionais na rede e evitar qualquer descontinuidade nas atividades das escolas municipais; “Pagamos mais da metade da dívida de R$ 42 milhões que herdamos da gestão passada, regularizamos o fornecimento da merenda, entregamos uma escola de ensino infantil no bairro 17 de Março, iniciamos a obra de uma escola de ensino fundamental no mesmo bairro, retomamos a reforma e ampliação da Escola Carvalho Neto e, agora, estamos contratando mais professores. São avanços significativos”

A rede municipal de ensino de Aracaju passa a contar com 236 novos educadores; o prefeito Edvaldo Nogueira assinou os contratos dos aprovados no processo seletivo simplificado, que atuarão como professores substitutos por um prazo de até dois anos; o objetivo é zerar o déficit de profissionais na rede e evitar qualquer descontinuidade nas atividades das escolas municipais; “Pagamos mais da metade da dívida de R$ 42 milhões que herdamos da gestão passada, regularizamos o fornecimento da merenda, entregamos uma escola de ensino infantil no bairro 17 de Março, iniciamos a obra de uma escola de ensino fundamental no mesmo bairro, retomamos a reforma e ampliação da Escola Carvalho Neto e, agora, estamos contratando mais professores. São avanços significativos”
A rede municipal de ensino de Aracaju passa a contar com 236 novos educadores; o prefeito Edvaldo Nogueira assinou os contratos dos aprovados no processo seletivo simplificado, que atuarão como professores substitutos por um prazo de até dois anos; o objetivo é zerar o déficit de profissionais na rede e evitar qualquer descontinuidade nas atividades das escolas municipais; “Pagamos mais da metade da dívida de R$ 42 milhões que herdamos da gestão passada, regularizamos o fornecimento da merenda, entregamos uma escola de ensino infantil no bairro 17 de Março, iniciamos a obra de uma escola de ensino fundamental no mesmo bairro, retomamos a reforma e ampliação da Escola Carvalho Neto e, agora, estamos contratando mais professores. São avanços significativos” (Foto: Leonardo Lucena)

Sergipe 247 - A rede municipal de ensino de Aracaju passa a contar com 236 novos educadores. Em solenidade, na manhã desta quarta-feira (16), o prefeito Edvaldo Nogueira assinou os contratos dos aprovados no processo seletivo simplificado, que atuarão como professores substitutos por um prazo de até dois anos. O objetivo é zerar o déficit de profissionais na rede e evitar qualquer descontinuidade nas atividades das escolas municipais.

Em seu discurso, o prefeito externou a satisfação de tomar mais uma medida com foco na melhoria da educação municipal. “A gente tem falado muito em Educação e realizado várias solenidades nesta área desde que iniciamos o nosso governo. Isso me alegra, pois, como saldo deste período, nós demos um salto grande em relação ao que tínhamos no passado. Pagamos mais da metade da dívida de R$ 42 milhões que herdamos da gestão passada, regularizamos o fornecimento da merenda, entregamos uma escola de ensino infantil no bairro 17 de Março, iniciamos a obra de uma escola de ensino fundamental no mesmo bairro, retomamos a reforma e ampliação da Escola Carvalho Neto e, agora, estamos contratando mais professores. São avanços significativos”, destacou.

Edvaldo pontuou que a Educação se constitui no único caminho para que os estudantes possam ter um futuro melhor, sobretudo os alunos da rede pública. “Tudo que conquistei na minha vida teve como base a Educação. Chegar ao terceiro mandato de prefeito, já tendo sido vereador e tendo sido aprovado em Medicina na Universidade Federal de Sergipe, num tempo em que, dificilmente, os filhos dos mais pobres, conseguiam uma vaga, foram vitórias que devo à Educação. De modo que o professor tem papel fundamental na formação das nossas crianças e adolescentes, sobretudo para os que moram na periferia da nossa cidade, que não possuem outra perspectiva senão aquela que será apresentada pelos professores”, disse.

Ele estimulou os novos contratados a trabalharem com dedicação para que os índices da rede evoluam. “Nossa responsabilidade aumenta, quando vemos que o índice de Aracaju está muito baixo na Educação. A nossa nota é 3,2 no Ideb [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica]. É preciso que cada professor dê o seu melhor pela educação destes meninos e meninas, que seja um farol, um facho de luz na vida dos nossos estudantes. A contratação dos novos professores é um instrumento a mais na melhoria da educação de Aracaju, que passou por situações muito difíceis no passado recente”, reforçou o prefeito.

A secretária da Educação, Cecília Leite, ressaltou que a contratação de novos professores é mais um passo no sentido de reconstrução da rede. “É motivo de muita satisfação a chegada destes 236 novos professores, porque nós encontramos a rede parada, numa situação de completo desmonte e de precarização das escolas. Encontramos várias unidades sem professores. Trabalhamos duro para mudar este quadro. Esta convocação de novos profissionais vem para evitar qualquer desassistência aos nossos alunos, em caso de vacância, caso um professor se afasta ou quando os contratos atuais se encerrarem. Os professores substitutos darão grande contribuição ao nosso trabalho nas 74 escolas da rede”, afirmou.

A professora Vânia Maria Coelho dos Santos, uma das profissionais contratadas, discursou em nome dos professores. “Estamos aqui para contribuir, para alcançar melhorias. Daremos o nosso melhor nesta travessa. Agradecemos ao prefeito Edvaldo Nogueira e aos secretários por nos darem esta oportunidade”, disse.

Pelo processo seletivo atual, foram contratados 205 pedagogos, além de professores para as disciplinas específicas (Português, Matemática, História, Geografia, Ciências, Inglês e Educação Física). No início do ano, outros profissionais, que participaram da seleção realizada no ano passado, foram convocados pela Secretaria da Educação, para vagas de professor substituto e cuidador de creche.

A solenidade de assinatura dos contratos foi prestigiada pelos secretários municipais, por diretores e coordenadores da Educação e pelos novos professores.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247