Edvaldo deve deixar PTB se fusão com DEM acontecer

Vice-presidente de Pesquisas e Estudos Acadêmicos do PTB, o vereador Edvaldo Brito promete deixar o partido se a possível fusão com o DEM se concretizar; ele diz que não sabe "nenhuma informação precisa" sobre a fusão, que já é dada como certa; "Eu não sei nenhuma informação precisa sobre isso. E é interessante que sou vice-presidente nacional do partido. Portanto, tenho que aguardar que a executiva do partido, sobretudo sua presidente, que é a deputada Cristiane Brasil, diga o que realmente está para acontecer", diz Edvaldo

Vice-presidente de Pesquisas e Estudos Acadêmicos do PTB, o vereador Edvaldo Brito promete deixar o partido se a possível fusão com o DEM se concretizar; ele diz que não sabe "nenhuma informação precisa" sobre a fusão, que já é dada como certa; "Eu não sei nenhuma informação precisa sobre isso. E é interessante que sou vice-presidente nacional do partido. Portanto, tenho que aguardar que a executiva do partido, sobretudo sua presidente, que é a deputada Cristiane Brasil, diga o que realmente está para acontecer", diz Edvaldo
Vice-presidente de Pesquisas e Estudos Acadêmicos do PTB, o vereador Edvaldo Brito promete deixar o partido se a possível fusão com o DEM se concretizar; ele diz que não sabe "nenhuma informação precisa" sobre a fusão, que já é dada como certa; "Eu não sei nenhuma informação precisa sobre isso. E é interessante que sou vice-presidente nacional do partido. Portanto, tenho que aguardar que a executiva do partido, sobretudo sua presidente, que é a deputada Cristiane Brasil, diga o que realmente está para acontecer", diz Edvaldo (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - Vice-presidente de Pesquisas e Estudos Acadêmicos do PTB, o vereador de Salvador Edvaldo Brito promete deixar o partido se a possível fusão com o DEM se concretizar. Ele diz em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia que não sabe "nenhuma informação precisa" sobre a fusão, que já é dada como certa.

"Eu não sei nenhuma informação precisa sobre isso. E é interessante que sou vice-presidente nacional do partido. Portanto, tenho que aguardar que a executiva do partido, sobretudo sua presidente, que é a deputada Cristiane Brasil, diga o que realmente está para acontecer", disse Edvaldo.

Questionado sobre uma possível saída dele e do deputado federal Antônio Brito (seu filho) da legenda, caso a fusão aconteça, o vereador afirmou que "as circunstâncias dirão como vamos proceder" e não escondeu a possibilidade de deixar a legenda. 

"Estou insistindo pelo meu tempo de partido, porque na Bahia fui sempre ponta de lança do PTB. Não encontro um companheiro que tenha feito o protagonismo que eu fiz".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247