Edvaldo empossa secretários: “Vamos inaugurar um novo estilo de governar”

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), realizou nesta segunda-feira (2) a posse coletiva dos secretários municipais; em solenidade que lotou o teatro Atheneu, ele deu o tom de como será o trabalho da sua equipe: “Vamos inaugurar um novo estilo de governar. Faremos um governo transparente, realizador e que dialoga com a sociedade”; o prefeito pediu aos seus auxiliares que sejam criativos e sensíveis às demandas da comunidade; Edvaldo reafirmou ainda que irá “cortar na carne”; “Precisamos economizar. Todas as secretarias terão que se adequar”, reforçou

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), realizou nesta segunda-feira (2) a posse coletiva dos secretários municipais; em solenidade que lotou o teatro Atheneu, ele deu o tom de como será o trabalho da sua equipe: “Vamos inaugurar um novo estilo de governar. Faremos um governo transparente, realizador e que dialoga com a sociedade”; o prefeito pediu aos seus auxiliares que sejam criativos e sensíveis às demandas da comunidade; Edvaldo reafirmou ainda que irá “cortar na carne”; “Precisamos economizar. Todas as secretarias terão que se adequar”, reforçou
O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), realizou nesta segunda-feira (2) a posse coletiva dos secretários municipais; em solenidade que lotou o teatro Atheneu, ele deu o tom de como será o trabalho da sua equipe: “Vamos inaugurar um novo estilo de governar. Faremos um governo transparente, realizador e que dialoga com a sociedade”; o prefeito pediu aos seus auxiliares que sejam criativos e sensíveis às demandas da comunidade; Edvaldo reafirmou ainda que irá “cortar na carne”; “Precisamos economizar. Todas as secretarias terão que se adequar”, reforçou (Foto: Valter Lima)

247 - O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), realizou nesta segunda-feira (2) a posse coletiva dos secretários municipais. Em solenidade que lotou o teatro Atheneu, ele deu o tom de como será o trabalho da sua equipe: “Vamos inaugurar um novo estilo de governar. Faremos um governo transparente, realizador e que dialoga com a sociedade”. O prefeito pediu aos seus auxiliares que sejam criativos e sensíveis às demandas da comunidade. Edvaldo reafirmou ainda que irá “cortar na carne”. “Precisamos economizar. Todas as secretarias terão que se adequar”, reforçou.

Foram empossados Carlos Cauê (Governo), André Sotero (Saúde), Eliane Aquino (Assistência Social), Sérgio Ferrari (Infraestrutura e Empresa Municipal de Obras e Urbanização - Emurb), Aristóteles Fernandes (Superintendência de Transporte e Trânsito), Augusto Cesar Viana (Meio Ambiente), Jefferson Passos (Fazenda), Jorge Araújo Filho (Esporte e Juventude), Luciano Correia (Comunicação), Luiz Roberto Santana (Fundação de Formação para o Trabalho), Cecília Leite (Educação), Mendonça Prado (Empresa de Serviços Urbanos - Emsurb) e Silvio Santos (Fundação Cultural Cidade de Aracaju - Funcaju).

“Quero reafirmar o que considero muito importante: iremos enfrentar uma grande dificuldade em Aracaju. São mais de R$ 500 milhões em débitos, o que inclui folha de servidores atrasada, dívidas com fornecedores e com a Previdência e outras dívidas acumuladas nos últimos quatro anos. Além disso, algo que me assustou e me deixou muito apreensivo e, ao mesmo tempo, consciente do desafio grande que temos é o nível de desorganização na prefeitura, em todas as áreas, sobretudo na Assistência Social, na Saúde e na Educação. A cidade não teve uma manutenção adequada, o lixo se acumula nas ruas”, afirmou.

“Arregaçar as mangas”

Diante deste quadro, o prefeito disse que os secretários terão que estar preparados para uma gestão com muita austeridade. “Meus secretários, se preparem para cortar, cortar na carne. Vamos ter prioridade. Se preparem. Vamos cortar em mais de 60% os cargos em comissão, para que possa sobrar recursos para pagar os servidores, colocar a Saúde em dia, fazer a limpeza pública. Precisamos economizar”, disse.

Edvaldo ressaltou que “em tempos de crise, é necessário criatividade”. “Fazer coisas simples, que resolvam os problemas, colocar a cabeça para pensar. Agora será a hora de mostrar quem sabe administrar. Administrar com muito dinheiro é fácil; na crise, é difícil. É tanto que é alguém que era considerado um grande administrador se tornou uma tragédia na administração da cidade”, afirmou.

Aos secretários, o prefeito pediu que “arregacem as mangas e comecem a trabalhar em prol dos aracajuanos. “Vamos abrir a prefeitura para o povo, vamos ser transparentes, vamos conversar e dialogar com todos os setores da sociedade, para que todos compreendam as questões. Precisamos arregaçar as mangas, trabalhar e fazer aquilo que a população espera de nós. Não vamos ficar nos lamuriando. Não quero secretário com mimimi. Enfrentem os problemas, sejam transparentes, verdadeiros, falem com a sociedade, não se distanciem do povo”, completou ele, informando que no próximo dia 6 fará a primeira reunião com todos os secretários para estabelecer metas e prioridades para cada pasta.

“O prefeito nos deu um recado claro”

O secretário de Governo, Carlos Cauê, discursou em nome de todos os secretários empossados. “O prefeito nos deu um recado claro: austeridade, rigor e trabalho. O quadro que vamos enfrentar não é mais segredo para ninguém. Sabemos que o desafio é grande. O prefeito escolheu uma equipe de alto quilate. Os integrantes desta equipe têm um histórico de serviços prestados à sociedade.  Temos muita crença nisso, porque sabemos da capacidade do prefeito Edvaldo Nogueira no Executivo Municipal. Isto nos dá muita segurança para o trabalho e que estamos no caminho certo de reconstrução da cidade. Estamos preparados. Ao trabalho!”, afirmou.

A solenidade de posse dos secretários foi prestigiada pelo presidente da Câmara, Josenito Vitale (PSD) e boa parte dos vereadores de Aracaju, pelo deputado federal Fábio Mitidieri (PSD), pelo deputado estadual Garibalde Mendonça (PMDB), pelo secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Francisco Dantas (que representou o governador Jackson Barreto), pela primeira-dama Danusa Silva e por membros de entidades sindicais e de instituições da sociedade civil organizada. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247