Eliana admite concorrer ao Senado em 2014

Ministra do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) diz que tem sido procurada por partidos políticos para disputar as eleições de 2014 pela Bahia e por Brasília e os maiores interessados, segundo ela, são o PDT, via o senador Crsitovam Buarque, e o Rede, de Marina Silva; Eliana se coloca como salvação para o pleito em Brasília, mas diz que se aceitar o convite concorrerá por sua terra natal; "Em Brasília está difícil conseguir bons candidatos, pois todo mundo é ficha-suja, eles não têm nome para governo e Senado. O PDT me procurou com bastante intensidade, por meio do senador Cristovam Buarque. A Marina também, ela está muito confiante na regularização a tempo do seu partido"

Ministra do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) diz que tem sido procurada por partidos políticos para disputar as eleições de 2014 pela Bahia e por Brasília e os maiores interessados, segundo ela, são o PDT, via o senador Crsitovam Buarque, e o Rede, de Marina Silva; Eliana se coloca como salvação para o pleito em Brasília, mas diz que se aceitar o convite concorrerá por sua terra natal; "Em Brasília está difícil conseguir bons candidatos, pois todo mundo é ficha-suja, eles não têm nome para governo e Senado. O PDT me procurou com bastante intensidade, por meio do senador Cristovam Buarque. A Marina também, ela está muito confiante na regularização a tempo do seu partido"
Ministra do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) diz que tem sido procurada por partidos políticos para disputar as eleições de 2014 pela Bahia e por Brasília e os maiores interessados, segundo ela, são o PDT, via o senador Crsitovam Buarque, e o Rede, de Marina Silva; Eliana se coloca como salvação para o pleito em Brasília, mas diz que se aceitar o convite concorrerá por sua terra natal; "Em Brasília está difícil conseguir bons candidatos, pois todo mundo é ficha-suja, eles não têm nome para governo e Senado. O PDT me procurou com bastante intensidade, por meio do senador Cristovam Buarque. A Marina também, ela está muito confiante na regularização a tempo do seu partido" (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News

Bahia 247

A ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Eliana Calmon admite diretamente pela primeira vez a possibilidade de disputar um cargo eleitoral nas eleições de 2014. Os convites são para se candidatar pela Bahia ou por Brasília, mas ela diz que já decidiu que se topar a empreitada o fará por sua terra natal.

Contudo, Eliana diz em entrevista ao jornal A Tarde que tem recebido muitos convites de políticos da capital federal por uma situação meio curiosa.

"Em Brasília está difícil conseguir bons candidatos, pois todo mundo é ficha-suja, eles não têm nome para governo e Senado. O PDT me procurou com bastante intensidade, por meio do senador Cristovam Buarque. A Marina também, ela está muito confiante na regularização a tempo do seu partido. Enfim, eu estou admitindo conversar, porque antes eu nem admitia. Tenho recebido muito convite para disputar o governo da Bahia".

PUBLICIDADE

Vista como heroína por muitos, sobretudo pelos conterrâneos, depois de denunciar a existência de "muitos bandidos de toga no judiciário brasileiro", a ex-corregedora do Conselho Nacional de Justiça diz que é cortejada pelos partidos políticos tal qual uma "moça bonita" a ser conquistada.

"Ave Maria! Estou parecendo moça bonita, todo mundo quer casar! E eu estou achando que a moça está escolhendo tanto que vai ficar sem casar".

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email