Em Minas, Alckmin e Anastasia fogem de Aécio

Distância é a palavra de ordem do presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) e do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), candidato ao governo, sobre o senador Aécio Neves (PSDB-MG); no dia do lançamento da candidatura a deputado federal de Aécio, Alckmin e Anastasia fazem campanha juntos em Minas, mas não encontram Aécio; “Geraldo vai ao Rio Grande do Sul e eu gravo propaganda eleitoral”, explicou Anastasia

Em Minas, Alckmin e Anastasia fogem de Aécio
Em Minas, Alckmin e Anastasia fogem de Aécio (Foto: )

Minas 247 – Seria bastante natural que um candidato à Presidência da República e um ex-governador de Minas Gerais, e outra vez candidato a governador, participassem do lançamento da candidatura a deputado federal de um ex-governador que também já disputou o cargo de presidente República e já presidiu o partido ao qual os três são filiados.

Claro, seria natural. Mas não para o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB), o candidato a governador de Minas, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG). Os dois querem distância do senador Aécio Neves (PSDB-MG), candidato ao cargo de deputado federal e investigado em vários casos suspeitos de corrupção.

Em seu primeiro ato de campanha em Minas Gerais ao lado Anastasia, Alckmin visitou creche em Belo Horizonte e seguiu para o município de Jequitinhonha, na região de mesmo nome.

Eles visitam o Norte de Minas numa viagem bate-volta e não participarão do lançamento da campanha do colega de partido Aécio Neves a deputado federal, em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri.  

“O presidente Geraldo vai ao Rio Grande do Sul e eu gravo propaganda eleitoral”, afirmou o senador Anastasia, de acordo com reportagem de Flávia Ayer, no Estado de Minas.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247