Empresários pedem que AL rejeite pacote anticrise

Em reação ao pacote de medidas de aumento de impostos enviado pelo Executivo à Assembleia Legislativa, líderes classistas e empresários estiveram nesta terça-feira, 29, com o presidente Osires Damaso (DEM) e outros deputados; Damaso ouviu dos representantes um pedido para que a Assembleia não votasse o pacote; "Passei para eles que as matérias já estão tramitando na Casa de Leis, que seria preciso uma ação rápida, que eles apresentassem alguma contraproposta objetiva para que seja discutida e buscado um entendimento com o Governo do Estado", disse Damaso

Em reação ao pacote de medidas de aumento de impostos enviado pelo Executivo à Assembleia Legislativa, líderes classistas e empresários estiveram nesta terça-feira, 29, com o presidente Osires Damaso (DEM) e outros deputados; Damaso ouviu dos representantes um pedido para que a Assembleia não votasse o pacote; "Passei para eles que as matérias já estão tramitando na Casa de Leis, que seria preciso uma ação rápida, que eles apresentassem alguma contraproposta objetiva para que seja discutida e buscado um entendimento com o Governo do Estado", disse Damaso
Em reação ao pacote de medidas de aumento de impostos enviado pelo Executivo à Assembleia Legislativa, líderes classistas e empresários estiveram nesta terça-feira, 29, com o presidente Osires Damaso (DEM) e outros deputados; Damaso ouviu dos representantes um pedido para que a Assembleia não votasse o pacote; "Passei para eles que as matérias já estão tramitando na Casa de Leis, que seria preciso uma ação rápida, que eles apresentassem alguma contraproposta objetiva para que seja discutida e buscado um entendimento com o Governo do Estado", disse Damaso (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 - Em reação ao pacote de medidas de aumento de impostos enviado pelo Executivo à Assembleia Legislativa, líderes classistas e empresários estiveram nesta terça-feira, 29, com o presidente Osires Damaso (DEM) e outros deputados. Em seguida, os deputados abriram a reunião conjunta de comissões e discutiram o pleito dos empresários.

Damaso ouviu dos representantes um pedido para que a Assembleia não votasse o pacote. "Passei para eles que as matérias já estão tramitando na Casa de Leis, que seria preciso uma ação rápida, que eles apresentassem alguma contraproposta objetiva para que seja discutida e buscado um entendimento com o Governo do Estado", disse Damaso. "As matérias são bem complexas", finalizou.

Já a secretária de Desenvolvimento Econômico e Emprego de Palmas, Cleide Brandão, avalia que mais importante seria o governo cortar despesas antes de aumentar impostos. "Quais são as reduções que a máquina do Estado vai fazer? Quais as providências que o governo vai tomar com esse recurso? É para investimento? Se for, avaliamos como positivo. Mas se for para pagar despesas, logo teremos mais aumentos para pagar outras despesas", disse Cleide.

Também participaram da reunião os deputados Eduardo Siqueira Campos (PTB), Luana Ribeiro (PR) e Valdemar Júnior (PSD). Ao final, o grupo se dirigiu para a Sala das Comissões a fim de pressionar os deputados.

Em reunião conjunta das comissões de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), de Tributação, Fiscalização e Controle, e de Administração, os deputados chegaram a um acordo sobre o pleito dos empresários que inclui o compromisso de apreciação da proposta de aumento do IPVA ainda nesta terça. As demais medidas teriam apreciação postergada para apresentação de emendas a partir desta quarta-feira, 30. (Com informações da Assembleia)

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247