Empréstimo a governador petista irrita aliados de Temer

Enquanto o governo ameaça os aliados de retaliação se não votarem a favor da reforma da Previdência, o Banco do Brasil acaba de liberar R$ 600 milhões para o governo da Bahia; o DEM e o PPS criticam a liberação do empréstimo porque o dinheiro chega para o governador Rui Costa (PT) justamente no ano eleitoral, quando Rui irá tentar a reeleição; o senador Otto Alencar (PSD-BA) diz que Temer prometeu liberar o empréstimo em troca de os deputados do PSD da Bahia ajudarem a garantir quórum na votação da segunda denúncia contra ele

Enquanto o governo ameaça os aliados de retaliação se não votarem a favor da reforma da Previdência, o Banco do Brasil acaba de liberar R$ 600 milhões para o governo da Bahia; o DEM e o PPS criticam a liberação do empréstimo porque o dinheiro chega para o governador Rui Costa (PT) justamente no ano eleitoral, quando Rui irá tentar a reeleição; o senador Otto Alencar (PSD-BA) diz que Temer prometeu liberar o empréstimo em troca de os deputados do PSD da Bahia ajudarem a garantir quórum na votação da segunda denúncia contra ele
Enquanto o governo ameaça os aliados de retaliação se não votarem a favor da reforma da Previdência, o Banco do Brasil acaba de liberar R$ 600 milhões para o governo da Bahia; o DEM e o PPS criticam a liberação do empréstimo porque o dinheiro chega para o governador Rui Costa (PT) justamente no ano eleitoral, quando Rui irá tentar a reeleição; o senador Otto Alencar (PSD-BA) diz que Temer prometeu liberar o empréstimo em troca de os deputados do PSD da Bahia ajudarem a garantir quórum na votação da segunda denúncia contra ele (Foto: Charles Nisz)

Bahia 247 - Enquanto o governo ameaça os aliados de retaliação se não votarem a favor da reforma da Previdência, o Banco do Brasil acaba de liberar R$ 600 milhões para o governo da Bahia.

O DEM e o PPS criticam a liberação do empréstimo porque o dinheiro chega para o governador Rui Costa (PT) justamente no ano eleitoral de 2018, quando Rui irá tentar a reeleição, segundo a coluna do Estadão.

Seu principal adversário na disputa será o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). Aliado do demista, Arthur Maia (PPS) já falou até em deixar a relatoria da Reforma da Previdência.

Já o senador Otto Alencar (PSD-BA), aliado do governador Rui Costa, diz que Temer prometeu liberar o empréstimo em troca de os deputados do PSD da Bahia ajudarem a garantir quórum na votação da segunda denúncia contra ele.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247