Escritor ironiza o silêncio das panelas

O escritor Lira Neto ironizou a falta de manifestações contra o resultado da votação da Câmara que anistiou nesta quarta-feira, 2, a corrupção passiva de Michel Temer; "Silêncio em Perdizes. Nenhuma panela, nenhuma buzina, nenhum grito nas varandas. Meus vizinhos foram abduzidos, talvez", ironizou

O escritor Lira Neto ironizou a falta de manifestações contra o resultado da votação da Câmara que anistiou nesta quarta-feira, 2, a corrupção passiva de Michel Temer; "Silêncio em Perdizes. Nenhuma panela, nenhuma buzina, nenhum grito nas varandas. Meus vizinhos foram abduzidos, talvez", ironizou
O escritor Lira Neto ironizou a falta de manifestações contra o resultado da votação da Câmara que anistiou nesta quarta-feira, 2, a corrupção passiva de Michel Temer; "Silêncio em Perdizes. Nenhuma panela, nenhuma buzina, nenhum grito nas varandas. Meus vizinhos foram abduzidos, talvez", ironizou (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP 247 - O escritor Lira Neto ironizou a falta de manifestações contra o resultado da votação da Câmara que anistiou nesta quarta-feira, 2, a corrupção passiva de Michel Temer. 

"Silêncio em Perdizes. Nenhuma panela, nenhuma buzina, nenhum grito nas varandas. Meus vizinhos foram abduzidos, talvez", ironizou. 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247