Estado vai contemplar mais de mil famílias do semiárido com investimentos

O governo do estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), assina nesta segunda-feira (29), 30 Termos de Colaboração, no âmbito do projeto Viva o Semiárido, co-financiado pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), uma agência das ONU; serão de R$ 7 milhões destinados a planos de investimentos produtivos (PIPs) que contemplarão mais de mil famílias de 23 municípios do semiárido piauiense

O governo do estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), assina nesta segunda-feira (29), 30 Termos de Colaboração, no âmbito do projeto Viva o Semiárido, co-financiado pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), uma agência das ONU; serão de R$ 7 milhões destinados a planos de investimentos produtivos (PIPs) que contemplarão mais de mil famílias de 23 municípios do semiárido piauiense
O governo do estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), assina nesta segunda-feira (29), 30 Termos de Colaboração, no âmbito do projeto Viva o Semiárido, co-financiado pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), uma agência das ONU; serão de R$ 7 milhões destinados a planos de investimentos produtivos (PIPs) que contemplarão mais de mil famílias de 23 municípios do semiárido piauiense (Foto: Leonardo Lucena)

Por Larissa Machado

O governo do estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), vai assinar nesta segunda-feira (29), às 14h, 30 Termos de Colaboração, no âmbito do projeto Viva o Semiárido, co-financiado pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), uma agência das Organizações das Nações Unidas (ONU). Serão de R$ 7 milhões destinados a planos de investimentos produtivos (PIPs) que contemplarão mais de mil famílias de 23 municípios do semiárido piauiense.

Durante o evento, que vai até dia 30, vai acontecer ainda uma capacitação para os dirigentes das associações contempladas com a assinatura destes termos, onde serão repassadas informações básicas sobre a aspectos da implementação dos planos de investimento produtivos: gênero, gestão associativa, convivência com o semiárido. Também será tratado sobre contratos de serviços e prestações de contas.

De acordo com o diretor de inclusão produtiva da SDR, Francisco Ribeiro (Chicão), esta ação vai atender às seis cadeias priorizadas pelo PVSA, com destaque para a ovinocaprinocultura. “O Viva o Semiárido também tem apoiado o desenvolvimento de áreas como a irrigação, piscicultura, quintais produtivos, aves caipiras e apicultura, que se encontram em constante crescimento”, ressaltou Chicão.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247