Everton Ribeiro: racismo estrutural no Brasil mata e exclui negros

O jogador do Flamengo Everton Ribeiro disse também que está "disposto a aprender mais sobre isso a cada dia e disposto a usar minha influência para dar voz a pessoas negras que lutam por um país com mais igualdade"

Everton Ribeiro
Everton Ribeiro (Foto: Divulgação/Flamengo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jogador de futebol da equipe do Flamengo Everton Ribeiro disse no Twitter na última segunda-feira (1) que o racismo estrutural no Brasil "mata e exclui pessoas negras" e que "não é normal que em um país onde a maioria da população é negra, eles sejam minoria em universidades e grandes empresas".

O atleta se colocou à disposição para lutar contra o racismo. "Estou disposto a aprender mais sobre isso a cada dia e disposto a usar minha influência para dar voz a pessoas negras que lutam por um país com mais igualdade".

Everton Ribeiro ainda citou a frase: “Em uma sociedade racista, não basta não ser racista, é preciso ser antirracista”.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email