Ex-deputado distrital Brunelli se entrega à Polícia Civil do DF

Foragido desde de a última sexta-feira (25), Júnior Brunelli se entregou na tarde deste domingo 27; acompanhando dos advogados, ele se apresentou à 5ª delegacia de polícia; ex-parlamentar é suspeito de desviar R$ 1,7 milhão

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Brasília 247 – Finalmente o ex-deputado distrital Júnior Brunelli se entregou para a polícia na tarde deste domingo (27). O político estava foragido desde sexta-feira (25) quando foi deflagrada pela Polícia Civil a operação Hofini que investiga o desvio de verbas da Sedest.

Brunelli se apresentou a 5ªDelegacia de Polícia, localizada no Setor Comercial Sul, na tarde deste domingo. O ex-parlamentar estava acompanhado de seus advogados.

Ontem (26), advogados do político entraram com um habeas corpus no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) solicitando que valessem as prerrogativas de advogado para que ele pudesse se livrar das algemas, dos holofotes e das grades, quando se apresentasse à polícia.

Além de Brunelli, três pessoas foram detidas suspeitas de participar do esquema que desviou, pelo menos, R$ 1,7 milhão de programas destinados a qualidade de vida de idosos. O assessor do ex-parlamentar Adilson de Oliveira, 46 anos, o contador Carlos Antônio Carneiro, 41, e o empresário Spartacus Savite, 39 todos detidos na úlitma sexta-feira (25).

Com informações do Correio Braziliense.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247