"Ex-gay", deputado Pastor Isidório teme "recaída"

Parlamentar volta a defender o irmão de fé Pastor Feliciano (PSC-SP) e diz que ele está "certo" sobre a "maldição" dos negros; Pastor Isidório diz que "tudo começou" com a homossexualidade na África; "A viadagem da África, quando viu dois cabras bons, bonitos, musculosos, saiu atrás. Feliciano falava que por causa do pecado lá naquela região onde a pele é mais negra aconteceu a maldição"; apesar de garantir que está "curado" da homossexualidade, Isidório diz que não pode ficar muito tempo perto de outro homem, pois "a carne é fraca"; para fechar a conta, ele revela ainda que é "ex-drogado", "ex-bandido" e que acha que "teve" o vírus HIV, mas a fé o "curou"

www.brasil247.com - "Ex-gay", deputado Pastor Isidório teme "recaída"
"Ex-gay", deputado Pastor Isidório teme "recaída"


Bahia 247

Já há quem acredite que o deputado Pastor Sargento Isidório (PSB) tenta criar um personagem para se fazer popular devido às declarações que faz ao longo de sua vida pública e que tem feito ultimamente.

O 'fenômeno' Pastor Feliciano (PSC-SP), deputado considerado homofóbico que preside a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara e que ocupa grande espaço na mídia nacional, trouxe Sargento Isidório de volta aos holofotes da imprensa também.

Depois de dizer que Feliciano é "injustiçado" pelos protestos, sobretudo dos homossexuais, que pedem sua saída da comissão, o parlamentar cristão baiano volta a partir em defesa do irmão de fé e explica porque ele está "certo" quando diz que os negros são "amaldiçoados". E explica "como tudo começou".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"A viadagem da África, quando viu dois cabras bons, bonitos, musculosos, saiu atrás. (...) [Por isso], o Pastor Marco Feliciano falava que por causa do pecado lá naquela região onde a pele é mais negra aconteceu a maldição".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O deputado baiano volta a dizer que é "ex-gay" e desta vez revela ainda que é "ex-drogado", "ex-bandido" e que acha que "teve" o vírus HIV, mas a "fé" o "curou". Contudo, apesar de garantir que está "curado da homossexualidade", Isidório disse que ainda precisa se policiar. "O pastor é humano. Claro que eu tenho medo de recaída. Eu não posso ficar junto de um homem muito tempo porque a carne é fraca".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ele diz que ficou insatisfeito com nota de repúdio às suas declarações em defesa de Feliciano lançada pelo PSB, credita o comunicado "aos viados e viadas lá dentro" e discorda das posições da presidente estadual da legenda, a senadora Lídice da Mata.

"Ela é de Oxum e eu sou de Jesus. Eu também já fui de Oxum quando era homossexual". Ao dizer que não teme ser expulso do partido, Isidório afirmou que "se essas desgraças [partidos] prestassem, eram inteiros".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja aqui a entrevista na íntegra concedida ao site Bahia Notícias.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email