Ex-secretário “deve esclarecimentos”

Deputada federal Manuela D´Ávila (PCdoB) diz que ex-secretário estadual do Meio Ambiente Carlos Fernando Niedersberg, de seu partido, precisa se esclarecer à sociedade; ele foi preso na Operação Concutare, da Polícia Federal, por suspeita de fraude

Ex-secretário “deve esclarecimentos”
Ex-secretário “deve esclarecimentos”

Sul 21 - A deputada federal Manuela D'Ávila, líder da bancada do PCdoB na Câmara, afirmou na tarde desta quarta-feira (1) que foi surpreendida pela notícia de que o ex-secretário estadual do Meio Ambiente, Carlos Fernando Niedersberg (PCdoB) é suspeito de participação em fraudes ambientais, conforme revelado pela Operação Concutare da Polícia Federal. Em entrevista à Rádio Gaúcha, Manuela disse que espera que a investigação seja concluída com celeridade.

"Minha reação é a reação natural de qualquer pessoa que faz política, se surpreende, se chateia e mantém a indignação frente a denúncias de corrupção. Ele (Niedersberg) deve esclarecimentos à sociedade. Tenho a convicção de que ele é o maior interessado em provar a sua inocência", comentou.

A deputada, que disse ter tido acesso ao inquérito da Polícia Federal, garantiu que seu nome não é citado em nenhuma das mais de mil páginas e afirmou que não tem relação próxima com nenhum dos investigados. "Devo diferenciar a relação que mantenho. O Fernando (Niedersberg) é um militante do partido, já o Berfran (Rosado, do PPS) foi candidato a vice em 2008, em uma chapa que eu compus", pontuou.

Manuela ainda negou que Niedersberg tenha tido papel de destaque em sua campanha nas eleições de 2012, quando concorreu pela segunda vez à prefeitura de Porto Alegre. Ela disse que na época ele já tinha uma agenda intensa ocupada pelas atividades no governo do Estado.

Sobre as funções do seu correligionário na Secretaria Estadual do Meio Ambiente, a deputada foi enfática ao dizer que o governador Tarso Genro (PT) tinha total confiança na capacidade técnica de Niedersberg e frisou que as principais decisões da pasta eram compartilhadas com o Palácio Piratini. "Em dois anos e meio que dirigimos a secretaria, todas as decisões passaram pela Sala de Gestão, que não é um espaço dirigido apenas pela Sema, é coordenado pelo governador", concluiu.
Com informações de Zero Hora e da Rádio Gaúcha.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247