FHC e Temer são os piores cabos eleitorais do País; Lula, o melhor

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, um dos principais articuladores do golpe de 2016, e o personagem escolhido para exercer o poder, Michel Temer, são as influências mais negativas para o eleitor brasileiro; enquanto 92% dos brasileiros jamais votariam em alguém apoiado por Temer, o percentual chega a 65% quando se trata de FHC

Temer FHC
Temer FHC (Foto: Leonardo Attuch)

247 – O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, um dos principais articuladores do golpe de 2016, e o personagem escolhido para exercer o poder, Michel Temer, são as influências mais negativas para o eleitor brasileiro. Enquanto 92% dos brasileiros jamais votariam em alguém apoiado por Temer, o percentual chega a 65% quando se trata de FHC.

Por outro lado, Lula é o melhor cabo eleitoral. "Mesmo preso em Curitiba, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mantém grande poder de influência no processo eleitoral, de acordo com o Datafolha. Segundo o instituto, 30% dos eleitores dizem que votariam com certeza num candidato indicado pelo petista e 17% dizem que talvez o fariam", diz reportagem da Folha.

Ou seja: mesmo que o golpe se confirme, Lula terá totais condições de influir decisivamente nas eleições.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247