Fontana: é preciso combater a “fascistização da política”

O deputado federal Henrique Fontana (PT-RS) lamentou os tiros contra o acampamento em favor do ex-presidente Lula em Curitiba (PR); "Precisamos combater a intolerância, a violência e a fascistização da política. Os responsáveis pelos tiros são aqueles que incitam o ódio contra Lula e a esquerda", escreveu o parlamentar no Twitter

O deputado federal Henrique Fontana (PT-RS) lamentou os tiros contra o acampamento em favor do ex-presidente Lula em Curitiba (PR); "Precisamos combater a intolerância, a violência e a fascistização da política. Os responsáveis pelos tiros são aqueles que incitam o ódio contra Lula e a esquerda", escreveu o parlamentar no Twitter
O deputado federal Henrique Fontana (PT-RS) lamentou os tiros contra o acampamento em favor do ex-presidente Lula em Curitiba (PR); "Precisamos combater a intolerância, a violência e a fascistização da política. Os responsáveis pelos tiros são aqueles que incitam o ódio contra Lula e a esquerda", escreveu o parlamentar no Twitter (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio Grande do Sul 247 - O deputado federal Henrique Fontana (PT-RS) lamentou os tiros contra o acampamento em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que ocorre por volta das 4h deste sábado (4).

"Nesta madrugada, apoiadores do presidente Lula sofreram o 2° atentado a tiros. O 1° foi na caravana @LulaPeloSul. Precisamos combater a intolerância, a violência e a fascistização da política. Os responsáveis pelos tiros são aqueles que incitam o ódio contra Lula e a esquerda", escreveu o parlamentar no Twitter.

Os tiros deixaram dois feridos. Um deles, Jeferson Lima de Menezes, foi atingido no pescoço, de acordo com a Polícia Militar (PM). A Secretaria de Saúde do Paraná informou que a bala foi de raspão e que não houve necessidade de uma cirurgia. 

Outro mulher ficou ferida com estilhaços de um banheiro, atingido por um tiro. Ela teve ferimentos no ombro, sem gravidade.

É a segunda vez que apoiares do ex-presidente são alvos de tiros. Em março, durante a caravana Lula no Paraná, dois ônibus foram atingidos por tiros.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247