Fontana repudia posição de Temer sobre tiros contra a caravana de Lula

Segundo o deputado Henrique Fontana (PT-RS), "a declaração de Temer justificando a violência política e fascista contra a caravana Lula revela que ele não tem a menor estatura politica para ocupar o maior cargo da República. Só poderia mesmo ter partido de um presidente ilegítimo, que chegou à Presidência por um golpe"; Temer disse que "essa onda de violência não foi pregada talvez por aqueles que tomaram essa providência, talvez tenha sido, tenha começado lá atrás. E a história de uns contra outros realmente cria essa dificuldade que gera atritos dessa natureza"  

Segundo o deputado Henrique Fontana (PT-RS), "a declaração de Temer justificando a violência política e fascista contra a caravana Lula revela que ele não tem a menor estatura politica para ocupar o maior cargo da República. Só poderia mesmo ter partido de um presidente ilegítimo, que chegou à Presidência por um golpe"; Temer disse que "essa onda de violência não foi pregada talvez por aqueles que tomaram essa providência, talvez tenha sido, tenha começado lá atrás. E a história de uns contra outros realmente cria essa dificuldade que gera atritos dessa natureza"
 
Segundo o deputado Henrique Fontana (PT-RS), "a declaração de Temer justificando a violência política e fascista contra a caravana Lula revela que ele não tem a menor estatura politica para ocupar o maior cargo da República. Só poderia mesmo ter partido de um presidente ilegítimo, que chegou à Presidência por um golpe"; Temer disse que "essa onda de violência não foi pregada talvez por aqueles que tomaram essa providência, talvez tenha sido, tenha começado lá atrás. E a história de uns contra outros realmente cria essa dificuldade que gera atritos dessa natureza"   (Foto: Leonardo Lucena)

Rio Grande do Sul 247 - O deputado federal Henrique Fontana (PT-RS) criticou as declarações de Michel Temer sobre os tiros contra ônibus da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que aconteceu nesta terça-feira (27) no Paraná.

"A declaração de Temer justificando a violência política e fascista contra a caravana Lula revela que ele não tem a menor estatura politica para ocupar o maior cargo da República. Só poderia mesmo ter partido de um presidente ilegítimo, que chegou à Presidência por um golpe", afirmou o parlamentar no Twitter. "Atirar no ônibus da caravana de Lula demonstra, além de ódio, despreparo para conviver com a pluralidade de idéias. Ao atentar contra a vida, o fascismo mostra sua face mais perversa", acrescentou.

À rádio Bandnews, em Vitória (ES), Temer disse que "essa onda de violência não foi pregada talvez por aqueles que tomaram essa providência, talvez tenha sido, tenha começado lá atrás. E a história de uns contra outros realmente cria essa dificuldade que gera atritos dessa natureza".

 

 

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247