Goiânia lidera disparada casos de dengue no Brasil

Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira os números da dengue e os casos a doença tiveram queda de 80% na comparação com o primeiro bimestre do ano passado; Goiânia lidera como a cidade que apresentou o maior número de casos de dengue em 2014, com 6.089. Outros dois municípios goianos fecham a lista dos três primeiros: Luziânia (2.888) e Aparecida de Goiânia (1.838)

dengue goiania
dengue goiania (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Portal da Saúde - O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira os números da dengue e os casos a doença tiveram queda de 80% na comparação com o primeiro bimestre do ano passado. Foram 87 mil notificações entre janeiro e fevereiro de 2014, contra 427 mil no mesmo período de 2013

Goiânia lidera como a cidade que apresentou o maior número de casos de dengue, com 6.089. Outros dois municípios goianos fecham a lista dos três primeiros: Luziânia (2.888) e Aparecida de Goiânia (1.838). Belo Horizonte, que é maior que a capital de Goiás, registrou 1.647 casos e até São Paulo teve menos, como 1.536.

Para o ministro Arthur Chioro, apesar da redução nos números da dengue – resultado do esforço conjunto da população e dos governos municipais, estaduais e do Ministério da Saúde – é preciso manter as ações de prevenção. “Nós não podemos baixar a guarda. Não é porque estamos conseguindo, ainda que parcialmente, um excelente resultado em relação à dengue que deixaremos de nos preocupar nos próximos meses ou anos. Portanto, temos que continuar com esse esforço contínuo da sociedade e do poder público para garantir a segurança e saúde da população”, ressaltou.

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email