Governo autoriza início das obras para adutora em distrito de Caridade

Obra levará água tratada para cerca de 6,5 mil moradores de Campos Belos, maior distrito de Caridade. A ordem e serviço para a construção da adutora será assinada nesta sexta-feira, pelo secretário-chefe da Casa Civil, Nelson Martins

Obra levará água tratada para cerca de 6,5 mil moradores de Campos Belos, maior distrito de Caridade. A ordem e serviço para a construção da adutora será assinada nesta sexta-feira, pelo secretário-chefe da Casa Civil, Nelson Martins
Obra levará água tratada para cerca de 6,5 mil moradores de Campos Belos, maior distrito de Caridade. A ordem e serviço para a construção da adutora será assinada nesta sexta-feira, pelo secretário-chefe da Casa Civil, Nelson Martins (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - Em solenidade prevista para as 17 horas, o secretário-chefe da Casa Civil do Governo do Ceará, Nelson Martins, assina nesta sexta-feira (1), ordem de serviço para a construção da Adutora de Campos Belos, distrito do município de Caridade. Os recursos, da ordem de R$ 2,48 milhões, já foram autorizados pelo governador Camilo Santana. A Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra) será a responsável pela obra.

O equipamento vai atender aos 6,5 mil moradores do distrito. A captação será na Estação de Tratamento de Água (ETA) de Paramoti, levando a água do Açude General Sampaio já tratada para a comunidade. O prazo para conclusão da obra é de 90 dias.

Serão 19,6Km de tubulação de 150mm e 200mm em tubo DeFoFo (conexões hidráulicas em PVC modificado, com diâmetro equivalente aos tubos de ferro fundido e que encaixam perfeitamente nessas peças)que levarão 13,88 litros por segundo, garantindo o abastecimento da comunidade. A obra prevê ainda a construção de uma Estação Elevatória e instalação de duas motobombas de 25CV cada (sendo uma reserva).

Campos Belos era atendido por uma Adutora Montagem Rápida (AMR), que captava água do Açude Desterro. Em decorrência da falta de chuvas na região, o abastecimento teve de ser interrompido. Agora, com a adutora definitiva, o governo espera solucionar o problema de abastecimento.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247