Governo determina interiorização dos serviços do Iaspi

O governador Wellington Dias recebeu, no Palácio de Karnak, a diretora-geral do Instituto de Assistência à Saúde do Servidor do Estado do Piauí (Iaspi), Daniele Aita; o encontro teve como objetivo discutir as demandas do instituto e tratar da interiorização do órgão; segundo o governador, o acesso da população dos municípios mais distantes aos serviços do Iaspi ainda é difícil

O governador Wellington Dias recebeu, no Palácio de Karnak, a diretora-geral do Instituto de Assistência à Saúde do Servidor do Estado do Piauí (Iaspi), Daniele Aita; o encontro teve como objetivo discutir as demandas do instituto e tratar da interiorização do órgão; segundo o governador, o acesso da população dos municípios mais distantes aos serviços do Iaspi ainda é difícil
O governador Wellington Dias recebeu, no Palácio de Karnak, a diretora-geral do Instituto de Assistência à Saúde do Servidor do Estado do Piauí (Iaspi), Daniele Aita; o encontro teve como objetivo discutir as demandas do instituto e tratar da interiorização do órgão; segundo o governador, o acesso da população dos municípios mais distantes aos serviços do Iaspi ainda é difícil (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Lorenna Costa

O governador Wellington Dias recebeu, nesta segunda-feira (08), no Palácio de Karnak, a diretora-geral do Instituto de Assistência à Saúde do Servidor do Estado do Piauí (Iaspi), Daniele Aita. O encontro teve como objetivo discutir as demandas do instituto e tratar da interiorização do órgão.

Segundo o governador, o acesso da população dos municípios mais distantes aos serviços do Iaspi ainda é difícil. “Há uma queixa constante dos usuários por conta da dificuldade em conseguir consultas com alguns especialistas e também determinados exames. Portanto, estamos programando um atendimento itinerante, utilizando a própria rede credenciada do Iaspi, que irá fazer esse atendimento nas cidades onde houver uma maior demanda”, destacou Dias.

Os serviços do Iaspi poderão chegar a diversos municípios por meio de uma carreta móvel, que já está sendo viabilizada. “Esta unidade itinerante poderá reunir determinadas especialidades para minimizar a dificuldade que o usuário tem, muitas vezes tendo que vir a Teresina. Já estivemos em contato com parceiros da rede credenciada, que demonstraram interesse em colaborar”, pontuou a diretora Daniele Aita.

A previsão é de que as carretas móveis comecem a realizar os atendimentos no segundo semestre de 2017. A ideia inicial é que a unidade permaneça um ou dois dias em cada município. Será como uma espécie de mutirão, onde serão disponibilizados uma certa quantidade de vagas, de acordo com a demanda da região e com as possibilidades do programa.

 

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email