Governo do RS tenta atrair empresários espanhóis

Resultados recentes mostram que a economia espanhola está saindo da crise; algumas empresas começaram ou ampliaram seus investimentos no Brasil; como consequência, o governador Tarso Genro apresentou aos empresários espanhóis as perspectivas e oportunidades do estado para atrair empreendimentos externo; o encontro reuniu representantes de mais de 50 grupos na Câmara de Comércio Brasil-Espanha, em Madri

Resultados recentes mostram que a economia espanhola está saindo da crise; algumas empresas começaram ou ampliaram seus investimentos no Brasil; como consequência, o governador Tarso Genro apresentou aos empresários espanhóis as perspectivas e oportunidades do estado para atrair empreendimentos externo; o encontro reuniu representantes de mais de 50 grupos na Câmara de Comércio Brasil-Espanha, em Madri
Resultados recentes mostram que a economia espanhola está saindo da crise; algumas empresas começaram ou ampliaram seus investimentos no Brasil; como consequência, o governador Tarso Genro apresentou aos empresários espanhóis as perspectivas e oportunidades do estado para atrair empreendimentos externo; o encontro reuniu representantes de mais de 50 grupos na Câmara de Comércio Brasil-Espanha, em Madri (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Governo do Rio Grande do Sul - Resultados recentes mostram que a economia espanhola está, aos poucos, saindo da crise. Mesmo no período de maior recessão, algumas empresas começaram ou ampliaram seus investimentos no Brasil, situação que se repetiu no Rio Grande do Sul. A tendência, agora, segundo a Embaixada do Brasil na Espanha, é que os investidores locais realizem mais investimentos na América Latina.

Por conta desse cenário, o governador Tarso Genro apresentou, nesta quinta-feira (6), aos empresários espanhóis as perspectivas e oportunidades do Rio Grande do Sul para atrair empreendimentos externos. O primeiro encontro reuniu representantes de mais de 50 grupos na Câmara de Comércio Brasil-Espanha, em Madri.

Na abertura da exposição, o secretário executivo do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, Marcelo Danéris, destacou a diversidade produtiva do Estado e mostrou dados que garantem a sustentabilidade da economia brasileira. Em seguida, Tarso Genro deu detalhes da política de relações internacionais e de atração de investimentos externos.

A Política Industrial, a Sala do Investidor, a qualificação profissional e o Plano Safra Gaúcho chamaram a atenção dos investidores. "Com as políticas de indução do crescimento, estamos obtendo resultados excelentes. O crescimento do nosso PIB em 2013 será três vezes maior do que o do Brasil. O Rio Grande do Sul é a 'bola da vez' ", afirmou o governador.

José Maria Roca, diretor da empresa Endesa, que já atua no setor de energia no Rio Grande do Sul, confirmou que a qualificação profissional no Estado está acima da média brasileira. Já o presidente da Câmara de Comércio Brasil-Espanha, José Gasset, disse que a economia gaúcha tem "sinergia" com a economia espanhola e por isso seria uma região atrativa.

Depois do seminário no centro de Madri, a comitiva gaúcha foi até a sede do Grupo Santander, localizada no distrito de Boadilla del Monte. Em reunião-almoço com outros 30 empresários e dirigentes do banco, Tarso Genro fez uma nova apresentação do cenário econômico do Estado. "Se o Rio Grande do Sul fosse um país, teríamos o segundo melhor crescimento do PIB em 2013, atrás apenas da China. Além disso, a nossa relação dívida/PIB é extremamente favorável se compararmos com as potências europeias".

O resultado do Produto Interno Bruto do Rio Grande do Sul deve ser divulgado na próxima semana. A expectativa é que o índice seja superior a 6,5%.

A comitiva gaúcha segue em Madri. Nesta sexta-feira (7), o governador Tarso Genro fará a palestra de abertura do Seminário Internacional Cooperação Ibero-Americana e Desenvolvimento, promovido pela Fundação Alternativas, além de outras instituições espanholas, portuguesas e brasileiras.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email