Governo inicia Operação Assistida do VLT no trecho Borges de Melo-Parangaba

O Governador Camilo Santana participou, na manhã de hoje, da Operação Assistida do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), no trecho entre as estações da Borges de Melo e da Parangaba.Nesta primeira fase da operação do VLT não haverá cobrança de passagem. O sistema funcionará, no período, entre as 8h e 12h, de segunda a sexta-feira

O Governador Camilo Santana participou, na manhã de hoje, da Operação Assistida do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), no trecho entre as estações da Borges de Melo e da Parangaba.Nesta primeira fase da operação do VLT não haverá cobrança de passagem. O sistema funcionará, no período, entre as 8h e 12h, de segunda a sexta-feira
O Governador Camilo Santana participou, na manhã de hoje, da Operação Assistida do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), no trecho entre as estações da Borges de Melo e da Parangaba.Nesta primeira fase da operação do VLT não haverá cobrança de passagem. O sistema funcionará, no período, entre as 8h e 12h, de segunda a sexta-feira (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - O Governador Camilo Santana participou, na manhã de hoje, da Operação Assistida do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), no trecho entre as estações da Borges de Melo e da Parangaba. O governador Camilo Santana percorreu o trecho do VLT entres as estações Borges de Melo, Vila União, Montese e terminando na Parangaba.

Nesta primeira fase da operação do VLT não haverá cobrança de passagem por se tratar de uma Operação Assistida. O sistema funcionará, no período, entre as 8h e 12h, de segunda a sexta-feira.

A Secretaria da Infraestrutura do Ceará (Seinfra) é a responsável pela obra, ficando a operação do sistema a cargo da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor). O secretário da Infraestrutura, Lucio Gomes, e o presidente do Metrofor, Eduardo Hotz, participam do evento que marca o inicio da Operação Assistida.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247.Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247