Governo vai licitar mil km de rodovias estaduais em novembro

Projeto foi retomado pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) e está em fase final de licitação, confirma coluna Giro, do jornal O Popular; "Os estudos foram concluídos e o Estado deve quase dobrar a malha a ser licitada para até 1,1 mil quilômetros", diz Cyro Miranda, presidente da Goiás Parcerias; devem ser ofertados os trechos, todos a partir de Goiânia, da GO-020 (até Caldas Novas), GO-060 (até São Luís dos Montes Belos), GO-070 (até a cidade de Goiás) e GO-080 (até São Francisco de Goiás)

Projeto foi retomado pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) e está em fase final de licitação, confirma coluna Giro, do jornal O Popular; "Os estudos foram concluídos e o Estado deve quase dobrar a malha a ser licitada para até 1,1 mil quilômetros", diz Cyro Miranda, presidente da Goiás Parcerias; devem ser ofertados os trechos, todos a partir de Goiânia, da GO-020 (até Caldas Novas), GO-060 (até São Luís dos Montes Belos), GO-070 (até a cidade de Goiás) e GO-080 (até São Francisco de Goiás)
Projeto foi retomado pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) e está em fase final de licitação, confirma coluna Giro, do jornal O Popular; "Os estudos foram concluídos e o Estado deve quase dobrar a malha a ser licitada para até 1,1 mil quilômetros", diz Cyro Miranda, presidente da Goiás Parcerias; devem ser ofertados os trechos, todos a partir de Goiânia, da GO-020 (até Caldas Novas), GO-060 (até São Luís dos Montes Belos), GO-070 (até a cidade de Goiás) e GO-080 (até São Francisco de Goiás) (Foto: Realle Palazzo-Martini)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - O Governo de Goiás irá licitar cerca de 1 mil quilômetros de rodoviais estaduais. O projeto foi retomado pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) e está em fase final de licitação. A expectativa é que em novembro tudo seja licitado, confirma a coluna Giro, do jornal O Popular. “Os estudos foram concluídos e o Estado deve quase dobrar a malha a ser licitada para até 1,1 mil quilômetros”, diz Cyro Miranda, presidente da Goiás Parcerias para a coluna.

Devem ser ofertados os trechos, todos a partir de Goiânia, da GO-020 (até Caldas Novas), GO-060 (até São Luís dos Montes Belos), GO-070 (até a cidade de Goiás) e GO-080 (até São Francisco de Goiás). O Giro ainda destaca que as saídas de Goiânia já foram duplicadas pela Agetop e a ideia é exigir que o vencedor da concessão conclua a duplicação até as principais cidades turísticas, além de montar bases operacionais de atendimento e socorro, construir terceira faixa em alguns trechos já duplicados e manter toda a malha terceirizada.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247