Guilherme: governo interino tem intenção de acelerar o golpe

O vereador Guilherme Sampaio (PT) criticou a dispensa de quatro testemunhas no processo de impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff (PT). De acordo com ele, esta é mais uma manobra do grupo de Michel Temer (PMDB) para acelerar o golpe. “A razão pela qual as quatro testemunhas foram dispensadas, é que outras, quando chamadas a depor pela acusação, declararam que não havia sido cometido crime de responsabilidade fiscal”, disse, em pronunciamento na Câmara Municipal nesta terça (14)

Guilherme: governo interino tem intenção de acelerar o golpe
Guilherme: governo interino tem intenção de acelerar o golpe

Ceará247 - O vereador Guilherme Sampaio (PT) criticou a dispensa de quatro testemunhas pela Comissão Especial do Senado no processo de Impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT). Segundo o parlamentar, a base do governo interino de Michel Temmer (PMDB), tem como objetivo acelerar a tramitação do processo, para confirmar o que ele denominou de “Golpe de Estado”.

“Essa decisão é mais uma demonstração de que está em andamento um golpe de estado em nosso país baseado num falso processo de impeachment”, ressaltou, em pronunciamento nesta terça (14), na Câmara Municipal. 

Segundo o parlamentar, as testemunhas dispensadas eram de fundamental importância para análise do processo. “Eram pessoas convocadas pela própria acusação que participavam da gestão orçamentária e possuíam informações para subsidiar a análise quanto à acusação de pedaladas fiscais”, informou.

Segundo Guilherme, as primeiras testemunhas convocadas pela acusação ratificaram que não houve crime de responsabilidade fiscal. “A razão pela qual as quatro testemunhas foram dispensadas, é que outras, quando chamadas a depor pela acusação, declararam que não havia sido cometido crime de responsabilidade fiscal”, destacou.

Para o vereador, a decisão dos senadores da base do governo pretende acelerar o processo de Impeachment. “Trata-se de mais uma manobra para barrar a operação Lava Jato, e apressar o Impedimento da presidente Dilma. Isso fica cada vez mais explícito e nós temos a responsabilidade de denunciar e tentar barrar este golpe”, frisou.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247