Guimarães sobre PEC 241: 'Vamos evitar que se cometa essa tragédia'

Em transmissão ao vivo pelo Facebook, o deputado federal José Guimarães (PT-CE) disse que trabalha para evitar manobra do governo Temer que tem como objetivo a aprovação da PEC 241, que congela os gastos públicos por 20 anos. “Eles querem mesmo é impor um duro ajuste fiscal que não considera o estado do bem estar social”. Guimarães pediu ainda que a sociedade interfira pressionando os deputados a “evitar que se cometa essa tragédia contra o serviço público brasileiro”

Em transmissão ao vivo pelo Facebook, o deputado federal José Guimarães (PT-CE) disse que trabalha para evitar manobra do governo Temer que tem como objetivo a aprovação da PEC 241, que congela os gastos públicos por 20 anos. “Eles querem mesmo é impor um duro ajuste fiscal que não considera o estado do bem estar social”. Guimarães pediu ainda que a sociedade interfira pressionando os deputados a “evitar que se cometa essa tragédia contra o serviço público brasileiro”
Em transmissão ao vivo pelo Facebook, o deputado federal José Guimarães (PT-CE) disse que trabalha para evitar manobra do governo Temer que tem como objetivo a aprovação da PEC 241, que congela os gastos públicos por 20 anos. “Eles querem mesmo é impor um duro ajuste fiscal que não considera o estado do bem estar social”. Guimarães pediu ainda que a sociedade interfira pressionando os deputados a “evitar que se cometa essa tragédia contra o serviço público brasileiro” (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará247 - “Se vão tirar dinheiro do Bolsa Família, se vão congelar o aumento real do salário mínimo, se vão tirar dinheiro das nossas universidades, eles não estão nem preocupado com isso. Eles querem mesmo é impor um duro ajuste fiscal que não considera o estado do bem estar social”, declarou o deputado federal José Guimarães (PT-CE).

Em transmissão ao vivo pelo Facebook nesta segunda-feira (10), o parlamentar comentou a PEC 241 que entrou em discussão hoje no plenário da Câmara dos Deputados. Ele alertou para a manobra que vem sendo articulada pelo governo Temer para aprovar a medida que congela os gastos públicos por 20 anos. “O governo quer quebrar o interstício, não contar mais com duas sessões da Câmara que o regimento determina, para votar o mérito da PEC 241, a PEC do desserviço e da desconstituição dos serviços públicos brasileiros”, disse.

Guimarães informou também que no momento trabalha para conseguir os votos necessários para impedir a manobra e a possível aprovação. “Não podemos deixar que essa PEC seja aprovada. Se quebrar os interstício agora, o governo vai passar o trator. E isso é um congelamento geral. Quem vai perder com isso são os serviços de saúde, de educação. Perdem os municípios e os estados. Ninguém poderá dar aumento a ninguém por vinte anos”, explicou, pedindo também para que a sociedade interfira e pressione os deputados para “evitar que se cometa essa tragédia contra o serviço público brasileiro” 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247