Haddad: delação mentirosa é pior para democracia que caixa 2

Para o ex-prefeito de São Paulo, a delação premiada precisa ser regulamentado porque temos "um sistema frouxo, onde cada um diz o que quer"; em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar no SBT, Fernando Haddad que, no PT, não se está trabalhando com a hipótese de ele ser candidato ao Planalto caso Lula seja impedido de concorrer; "Porque, primeiro, seria uma grande deselegância com o presidente Lula, do qual eu fui ministro. (...) Estamos trabalhando com o que nos parece mais justo, que é uma revisão da sentença", disse

Brasília- DF 05-01- 2016 Foto Lula Marques/Agência PT Prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, durante entrevista a imprensa depois de encontro com ministro, Jaques Wagner.
Brasília- DF 05-01- 2016 Foto Lula Marques/Agência PT Prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, durante entrevista a imprensa depois de encontro com ministro, Jaques Wagner. (Foto: Gisele Federicce)

SP 247 - O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) afirmou em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar, do SBT, na noite desta segunda-feira 25, que a delação premiada precisa ser regulamentado porque temos "um sistema frouxo, onde cada um diz o que quer".

Para ele, uma delação premiada mentirosa é pior para a democracia do que caixa dois. Ele diz que há "suposições" e não provas contra o ex-presidente Lula e defende a revisão da sentença do juiz Sergio Moro contra o cacique petista.

Segundo Haddad, o PT não se está trabalhando com a hipótese de ele ser candidato ao Planalto caso Lula seja impedido de concorrer por conta das condenações. "Porque, primeiro, seria uma grande deselegância com o presidente Lula, do qual eu fui ministro. (...) Estamos trabalhando com o que nos parece mais justo, que é uma revisão da sentença", disse.

Em relação ao prefeito João Doria (PSDB), para quem perder a eleição em 2016, criticou: "não tem nenhuma experiência administrativa na gestão pública" e "fala coisas sobre as quais ele não entende".

Assista aqui à íntegra.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247