Humberto: Desde o golpe, o país só anda pra trás

Líder da oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE) publicou um vídeo no Facebook condenando o golpe parlamentar que depôs Dilma Rousseff há exatamente um ano e destaca que hoje, "o principal mentor do golpe está preso. O principal beneficiário, acuado por graves denúncias. E, desde então, o país só anda pra trás. E a democracia não foi restaurada"; vídeo mostra como o impeachment foi desenhado para barrar as investigações da Lava Jato e levado adiante por uma série de parlamentares que acabaram enredados em casos de corrupção; assista

Líder da oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE) publicou um vídeo no Facebook condenando o golpe parlamentar que depôs Dilma Rousseff há exatamente um ano e destaca que hoje, "o principal mentor do golpe está preso. O principal beneficiário, acuado por graves denúncias. E, desde então, o país só anda pra trás. E a democracia não foi restaurada"; vídeo mostra como o impeachment foi desenhado para barrar as investigações da Lava Jato e levado adiante por uma série de parlamentares que acabaram enredados em casos de corrupção; assista
Líder da oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE) publicou um vídeo no Facebook condenando o golpe parlamentar que depôs Dilma Rousseff há exatamente um ano e destaca que hoje, "o principal mentor do golpe está preso. O principal beneficiário, acuado por graves denúncias. E, desde então, o país só anda pra trás. E a democracia não foi restaurada"; vídeo mostra como o impeachment foi desenhado para barrar as investigações da Lava Jato e levado adiante por uma série de parlamentares que acabaram enredados em casos de corrupção; assista (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pernambuco 247 - O líder da oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), publicou um vídeo em sua página no Facebook condenando o golpe parlamentar que depôs a presidente eleita Dilma Rousseff há exatamente um ano.

O vídeo, que mostra como o impeachment foi desenhado para barrar as investigações da Lava Jato e levado adiante por uma série de parlamentares que acabaram enredados em casos de corrupção, termina destacando que o Brasil precisa de "eleições diretas já".

Na postagem, Humberto Costa destaca que "um ano atrás, um golpe maquinado para tirar do poder a primeira mulher eleita para governar o Brasil teve início. Ela acabou deposta. O principal mentor do golpe está preso. O principal beneficiário, acuado por graves denúncias. E, desde então, o país só anda pra trás. E a democracia não foi restaurada".

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247