Humberto: o povo sabe que Lula enfrenta uma perseguição feroz

"O povo brasileiro está ciente de que Lula enfrenta uma perseguição feroz. As pessoas querem a volta de Lula. É um movimento muito forte. Mas precisamos continuar lutando para conseguir que Lula seja libertado. Com Lula presidente, o nosso povo vai voltar a ter vez e voz", afirmou o líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE)

Humberto: o povo sabe que Lula enfrenta uma perseguição feroz
Humberto: o povo sabe que Lula enfrenta uma perseguição feroz (Foto: Esq.: Marcos Oliveira - Ag. Senado / Dir.: Stuckert)

Pernambuco 247 - O líder da Oposição ao Senado, Humberto Costa (PT-PE), voltou a criticar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado no processo do triplex em Guarujá (SP).

"O povo brasileiro está ciente de que Lula enfrenta uma perseguição feroz. As pessoas querem a volta de Lula. É um movimento muito forte. Mas precisamos continuar lutando para conseguir que Lula seja libertado. Com Lula presidente, o nosso povo vai voltar a ter vez e voz", afirmou o parlamentar, que esteve na cidade de Jaqueira, zona da mata de Pernambuco.

Mesmo preso, desde abril  o ex-presidente lidera as pesquisas eleitorais. O primeiro levantamento presidencial do Ibope do ano, contratada pela CNI e divulgada no final do mês passado, apontou o ex-presidente em primeiro lugar com 33% dos votos, mais que o dobro do segundo colocado, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), com 15%, seguido pela ex-senadora Marina Silva, da Rede (7%).

Outra pesquisa, divulgada em maio, constatou que, para 66% dos brasileiros, o Brasil "permaneceu igual" depois da prisão do ex-presidente Lula, e para 22,3%, o País "piorou".

Segundo o Instituto Paraná Pesquisas, apenas 9% acreditam que o Brasil melhorou depois que Lula foi detido. A pesquisa foi feita com 2.002 eleitores em 154 municípios de 26 Estados e Distrito Federal entre os dias 27 de abril e 2 de maio.

O ex-presidente foi condenado no processo do triplex em Guarujá (SP). Segundo o Ministério Público Federal, Lula receberia um apartamento reformado da empreiteira OAS. Mas, na apresentação da denúncia, em setembro de 2016, o procurador Henrique Pozzobon admitiu que não havia "prova cabal" de que o ex-presidente seria o proprietário do imóvel.

"Precisamos dizer desde já que, em se tratando da lavagem de dinheiro, ou seja, em se tratando de uma tentativa de manter as aparências de licitude, não teremos aqui provas cabais de que Lula é o efetivo proprietário no papel do apartamento, pois justamente o fato de ele não figurar como proprietário do tríplex, da cobertura em Guarujá é uma forma de ocultação, dissimulação da verdadeira propriedade", afirmou o procurador.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247