Imóveis do Recife entre os mais caros do País

Recife está entre as cinco cidades com os imóveis mais caros do País; na capital pernambucana, o valor médio do metro quadrado é de R$ 5.109, mesmo após os preços em nível nacional terem caído 0,5% em 2012; Em primeiro lugar entre os municípios com os imóveis mais caros está o Rio de Janeiro

Imóveis do Recife entre os mais caros do País
Imóveis do Recife entre os mais caros do País
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

PE247 – Recife (PE) está entre as cinco cidades com os imóveis mais caros do país. Na capital pernambucana, o valor médio de um metro quadrado (m²) está custando R$ 5.109, mesmo após os preços dos imóveis em nível nacional terem caído 0,5% em 2013. É o que aponta a pesquisa feita pela Fundação Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) em parceria com o portal ZAP Imóveis. 

De acordo com o levantamento, em primeiro lugar entre as cidades mais caras do país está o Rio de Janeiro, com o m² custando, em média, R$ 8.711. Em seguida aparece São Paulo, com um valor médio de R$ 6.922, seguida por Niterói, no Rio de Janeiro, e Brasília, no Distrito Federal (R$ 6.372). Por outro lado, o menor preço está em Vila Velha, no Espírito Santo, com R$ 3.440. O valor médio nos municípios pesquisados é de R$ 6.350.

A pesquisa mostrou que, embora os preços tenham caído em 0,5%, em 16 capitais houve um aumento de 0,9% em janeiro deste ano comparado a dezembro de 2012, crescimento inferior ao que havia sido registrado um ano antes, quando o incremento foi de 1,1% em janeiro do ano passado em relação ao mês anterior, em 2011. O valor médio é de R$ 6.350.

No caso da variação acumulada desde junho de 2012, houve queda real do m² em sete cidades. Na primeira colocação está Curitiba (PR), com declínio de 6,1%, seguida de Brasília (-5,8%), Florianópolis (-4,4%), Vila Velha (-3,5%), Vitória e Belo Horizonte (ambas com -1,1%) e Recife (-0,6%). Em contrapartida, Niterói e Porto Alegre (RS), apresentaram os maiores aumentos reais, de 5,4% e 4,6%, respectivamente.

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247