Incêndio em Centro de Internação de Menores causa 9 mortes

Incêndio em uma cela do Centro de Internação Provisória (CIP) no Sétimo Batalhão da Polícia Militar, no Jardim Europa, em Goiânia, deixou ao menos nove mortos e vários feridos na manhã desta sexta-feira; o Corpo de Bombeiros não divulgou a causa do incêndio; segundo informações preliminares, os próprios internos teriam dado início às chamas durante uma suposta tentativa de rebelião

Incêndio em uma cela do Centro de Internação Provisória (CIP) no Sétimo Batalhão da Polícia Militar, no Jardim Europa, em Goiânia, deixou ao menos nove mortos e vários feridos na manhã desta sexta-feira; o Corpo de Bombeiros não divulgou a causa do incêndio; segundo informações preliminares, os próprios internos teriam dado início às chamas durante uma suposta tentativa de rebelião
Incêndio em uma cela do Centro de Internação Provisória (CIP) no Sétimo Batalhão da Polícia Militar, no Jardim Europa, em Goiânia, deixou ao menos nove mortos e vários feridos na manhã desta sexta-feira; o Corpo de Bombeiros não divulgou a causa do incêndio; segundo informações preliminares, os próprios internos teriam dado início às chamas durante uma suposta tentativa de rebelião (Foto: José Barbacena)

Jornal Opção - Incêndio em uma cela do Centro de Internação Provisória (CIP) no Sétimo Batalhão da Polícia Militar, no Jardim Europa, em Goiânia, deixou ao menos nove mortos e vários feridos na manhã desta sexta-feira (25/5).

O Corpo de Bombeiros não divulgou a causa do incêndio. Segundo informações preliminares, os próprios internos teriam dado início às chamas durante uma suposta tentativa de rebelião. O incêndio já foi extinto.

Em nota, a assessoria de imprensa da Secretaria da Mulher, Desenvolvimento Social, Igualdade Racial, Direitos Humanos e do Trabalho (Secretaria Cidadã), responsável pelo CIP, negou que houve rebelião, mas não deu mais detalhes sobre o incêndio.

A secretaria disse que só vai passar mais informações sobre os prejuízos e providências que serão tomadas no local após o trabalho dos Bombeiros e da Polícia Militar.

O governador José Eliton (PSDB), que está em Cuiabá para participar de reunião do Fórum dos Governadores do Brasil Central, informou que retornará de imediato a Goiânia por conta da tragédia.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247