Indefinição sobre Jayme Rincón paralisa PSDB na Capital

PSDB tem como prioridade acabar com o jejum de 20 anos sem fazer prefeito em Goiânia; no entanto, partido emperra nos entraves internos e não avança na escolha do nome; presidente da Agetop, Jayme Rincón, surge como o favorito, mas nos últimos meses esfriou nas movimentações enquanto Delegado Waldir cobra espaço e exige apoio da legenda; PMDB aproveita indecisão tucana e consolida nome de Iris Rezende, que já aparece na frente das pesquisas até com certa folga

Na foto Jayme Rincon.
Editoria de Politica.
20/08/2012
credito:Eduardo ferreira
Na foto Jayme Rincon. Editoria de Politica. 20/08/2012 credito:Eduardo ferreira (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - O PSDB goiano tem como objetivo principal em 2016 fazer o prefeito de Goiânia e quebrar o jejum de 20 anos. O problema é que mais uma vez o partido se vê com entraves internos que podem comprometer o fortalecimento da candidatura tucana.

O favorito hoje para ser o candidato é o presidente da Agetop, Jayme Rincón, que desde 2014 trabalha para pavimentar seu nome, mas que nos últimos meses reduziu as articulações. Mesmo com a Operação Compadrio, do Ministério Público, que desmantelou um esquem ade corrupção dentro da Agetop, Jayme Rincón disse que continuaria na disputa pelo Paço Municipal.

No entanto, o comandante da Agetop diminuiu as movimentações e tucanos afirmam que existe uma inércia na base aliada de Goiânia, o que acaba prejudicando o PSDB.

Jayme Rincón seria até o favorito do governador Marconi Perillo mesmo aparecendo atrás de Delegado Waldir nas recentes pesquisas divulgadas. 

Enquanto o PSDB patina e não avança na congregação de um nome, o PMDB está praticamente pronto para o pleito, com Iris Rezende mais uma vez no páreo. O Ex-governador nega ser candidato, mas lidera as pesquisas com certa folga e deputados e vereadores são unânimes em bancá-lo como o nome do partido para a prefeitura de Goiânia.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247