Inflação do aluguel sobe e acumula alta de 6,65% em 12 meses

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) subiu 0,64% em janeiro, após alta de 0,54% no mês anterior, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta segunda-feira, 30; nos últimos 12 meses, o IGP-M acumula alta de 6,65%; Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que avalia os preços no atacado e tem o maior peso entre todos os subíndices, variou 0,70% em janeiro, contra 0,69% no mês anterior

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) subiu 0,64% em janeiro, após alta de 0,54% no mês anterior, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta segunda-feira, 30; nos últimos 12 meses, o IGP-M acumula alta de 6,65%; Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que avalia os preços no atacado e tem o maior peso entre todos os subíndices, variou 0,70% em janeiro, contra 0,69% no mês anterior
O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) subiu 0,64% em janeiro, após alta de 0,54% no mês anterior, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta segunda-feira, 30; nos últimos 12 meses, o IGP-M acumula alta de 6,65%; Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que avalia os preços no atacado e tem o maior peso entre todos os subíndices, variou 0,70% em janeiro, contra 0,69% no mês anterior (Foto: Aquiles Lins)

247 - O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) subiu 0,64% em janeiro, após alta de 0,54% no mês anterior, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta segunda-feira, 30. Nos últimos 12 meses, o IGP-M acumula alta de 6,65%.

O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de energia elétrica e aluguel de imóveis. Usado no cálculo do IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que avalia os preços no atacado e tem o maior peso entre todos os subíndices, variou 0,70% em janeiro, contra 0,69% no mês anterior.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247