Iniciais de Eunício Oliveira constam em listão

Além de Cid Gomes, que apareceu na lista de doações da Odebrecht com o codinome de 'falso', outro cearense, com as iniciais "EO", teria recebido R$ 500 mil

Além de Cid Gomes, que apareceu na lista de doações da Odebrecht com o codinome de 'falso', outro cearense, com as iniciais "EO", teria recebido R$ 500 mil
Além de Cid Gomes, que apareceu na lista de doações da Odebrecht com o codinome de 'falso', outro cearense, com as iniciais "EO", teria recebido R$ 500 mil (Foto: Gisele Federicce)

Ceará 247 – As iniciais "EO/CE" indicam que outro cearense, além do ex-governador Cid Gomes, consta da lista de doações da Odebrecht.

A suspeita é de que seja o nome do senador Eunício Oliveira, líder do PMDB no Senado. O parlamentar teria recebido R$ 500 mil da empreiteira. A Polícia Federal suspeita que a lista da Odebrecht, que traz mais de 300 políticos, mistura doações legais, registradas na Justiça Eleitoral, com ilegais.

Cid Gomes aparece com o codinome 'falso' e como recebedor de R$ 200 mil. Por meio da assessoria de imprensa, Cid negou que a doação seja ilegal.

"Em 2010 a empresa realizou uma doação oficial no valor de R$ 200 mil para o diretório estadual do Partido Socialista Brasileiro (PSB) no Ceará", diz a nota, que acrescenta que "o montante foi devidamente declarado e registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) seguindo todas as normas eleitorais".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247