Iphan tomba jardins de Burle Marx no Recife

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) anunciou, hoje (20), o tombamento dos Jardins de Burle Marx, no Recife (PE); de acordo com o órgão, a medida foi tomada em razão do elevado valor histórico, artístico e paisagístico do local; ao todo, sete jardins idealizados pelo paisagista foram tombados pelo Iphan   

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) anunciou, hoje (20), o tombamento dos Jardins de Burle Marx, no Recife (PE); de acordo com o órgão, a medida foi tomada em razão do elevado valor histórico, artístico e paisagístico do local; ao todo, sete jardins idealizados pelo paisagista foram tombados pelo Iphan 
 
O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) anunciou, hoje (20), o tombamento dos Jardins de Burle Marx, no Recife (PE); de acordo com o órgão, a medida foi tomada em razão do elevado valor histórico, artístico e paisagístico do local; ao todo, sete jardins idealizados pelo paisagista foram tombados pelo Iphan    (Foto: Paulo Emílio)

Agência Brasil - O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) anunciou, hoje (20), o tombamento dos Jardins de Burle Marx, no Recife (PE). De acordo com o órgão, a medida foi tomada em razão do elevado valor histórico, artístico e paisagístico do local.

O tombamento inclui a Praça de Casa Forte - Praça da Vitória Régia - situada na avenida 17 de Agosto; a Praça Euclides da Cunha - Cactário da Madalena - ou Praça do Internacional; e a Praça da República e o Jardim do Campo das Princesas.

Também foram tombadas pelo Iphan, a Praça do Derby - Parque do Derby -; a Praça Ministro Salgado Filho - Praça do Aeroporto -; e a Praça Faria Neves - Praça de Dois Irmãos. O instituto destacou a necessidade de obtenção de autorização para as intervenções em bens tombados e na sua respectiva área de entorno, a ser requerida na superintendência estadual.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247