Jarbas pede renúncia de Dilma, mas diz que Cunha tem que sair antes

O deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB), defendeu, neste domingo (16), no protesto contra o governo federal que acontece em Recife, que a presidente Dilma Rousseff renuncie; mas ponderou que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, "deve sair na frente dela"; “A melhor decisão é a renúncia dela. Essa ficha tem que cair”, afirmou; ele defendeu ainda um governo de coalizão em torno do vice-presidente, Michel Temer (PMDB)

O deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB), defendeu, neste domingo (16), no protesto contra o governo federal que acontece em Recife, que a presidente Dilma Rousseff renuncie; mas ponderou que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, "deve sair na frente dela"; “A melhor decisão é a renúncia dela. Essa ficha tem que cair”, afirmou; ele defendeu ainda um governo de coalizão em torno do vice-presidente, Michel Temer (PMDB)
O deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB), defendeu, neste domingo (16), no protesto contra o governo federal que acontece em Recife, que a presidente Dilma Rousseff renuncie; mas ponderou que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, "deve sair na frente dela"; “A melhor decisão é a renúncia dela. Essa ficha tem que cair”, afirmou; ele defendeu ainda um governo de coalizão em torno do vice-presidente, Michel Temer (PMDB) (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB), defendeu, neste domingo (16), no protesto contra o governo federal que acontece em Recife, que a presidente Dilma Rousseff renuncie. Mas ponderou que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, "deve sair na frente dela".

“A melhor decisão é a renúncia dela. Essa ficha tem que cair”, afirmou

Jarbas reclamou da crise econômica. “O País vive uma paralisia geral. O PT acabou e está no fundo do poço”, disse.

Ele defendeu ainda um governo de coalizão em torno do vice-presidente, Michel Temer (PMDB).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email