Jornal "Notícias Gospel" critica declarações de Ciro Gomes sobre doações eleitorais

 Em debate durante o Foro Brasil España, em Barcelona, no último dia 24 de março, o presidenciável do PDT, Ciro Gomes, abordou a questão do financiamento individual da campanhas afirmando que as eleições de 2018 poderão ser as mais "fraudadas da história" e citou que o narcotráfico e as igrejas, como exemplos, por movimentarem grandes quantias em espécie. A fala de Ciro provocou reação do jornal "Notícias Gospel" que a qualificou como "desastrosa"  

 Em debate durante o Foro Brasil España, em Barcelona, no último dia 24 de março, o presidenciável do PDT, Ciro Gomes, abordou a questão do financiamento individual da campanhas afirmando que as eleições de 2018 poderão ser as mais "fraudadas da história" e citou que o narcotráfico e as igrejas, como exemplos, por movimentarem grandes quantias em espécie. A fala de Ciro provocou reação do jornal "Notícias Gospel" que a qualificou como "desastrosa"
 
 Em debate durante o Foro Brasil España, em Barcelona, no último dia 24 de março, o presidenciável do PDT, Ciro Gomes, abordou a questão do financiamento individual da campanhas afirmando que as eleições de 2018 poderão ser as mais "fraudadas da história" e citou que o narcotráfico e as igrejas, como exemplos, por movimentarem grandes quantias em espécie. A fala de Ciro provocou reação do jornal "Notícias Gospel" que a qualificou como "desastrosa"   (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - Em debate com José Eduardo Cardoso e Christian Lohbauer, durante o Foro Brasil España,  na Esade Business School, em Barcelona, no último dia 24 de março, o presidenciável do PDT, Ciro Gomes, abordou a questão do financiamento individual da campanhas afirmando que as eleições de 2018 poderão ser as mais "fraudadas da história" e citou que o narcotráfico e as igrejas, como exemplos, por movimentarem grandes quantias em espécie.

"Nós optamos agora pelo financiamento individual de campanhas. Ok, vamos experimentar. Mas eu desconfio que serão as eleições mais fraudadas da história do país e vai ser muito facilitado por quem circula com grandes quantidades de dinheiro em espécie. Por exemplo, igrejas e narcotráfico, que estão praticamente se explicitando sobre a mesa, ou sob a mesa", disse Ciro Gomes, comparando igrejas com o crime organizado do tráfico de drogas.

A fala de Ciro provocou reação do jornal "Notícias Gospel" que a qualificou como "desastrosa". Na matéria o jornal diz que "o político do PDT afirmou que há a possibilidade de que lideranças evangélicas passem a financiar candidatos sem o registro de doações, por causa das ofertas feitas em espécie pelos fiéis. Nesse raciocínio, além de sugerir que há denominações que descumprirão regras eleitorais, Ciro Gomes também dá a entender que as igrejas não fazem os registros das doações em um livro caixa como pede a legislação em vigor... A declaração – desastrosa e do mesmo nível que Gomes acostumou-se a fazer ao longo dos anos – se deu durante o 1º Fórum Espanha-Brasil", afirma o jornal.

Hoje, Ciro Gomes esteve na Universidade de Montpellier para participar também de um debate sobre as perspectivas futuras para um Brasil economicamente sustentável e socialmente responsável. A agenda na Europa, do pré candidato do PDT, prevê ainda debates na Universidade de Sussex, na cidade de Brighton, na Inglaterra, nesta terça-feira e Sorbone, em Paris, na quarta-feira.

 

 

 


Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247