Lacerda só aguarda aval de Aécio para definir cargos

Já está marcado para segunda-feira um encontro reunindo o senador mineiro (PSDB), o prefeito de Belo Horizonte (PSB) e o governador Antonio Anastasia (PSDB). Nessa reunião, Lacerda enfim baterá o martelo sobre os cargos a que cada partido aliado terá direito na prefeitura

Lacerda só aguarda aval de Aécio para definir cargos
Lacerda só aguarda aval de Aécio para definir cargos
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - Resta apenas o “sim” -- ou eventual “não” -- do senador mineiro Aécio Neves (PSDB). O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), aguarda apenas o fim das férias do presidenciável tucano para enfim definir seu novo secretariado em Belo Horizonte. Uma reunião entre os dois, mais o governador Antonio Anastasia (PSDB), já foi marcada para esta segunda-feira, quando enfim o prefeito deverá bater o martelo sobre os cargos e seus nomes.

Leia trecho da matéria de Isabella Lacerda para o jornal O Tempo:

O fim das férias do senador Aécio Neves (PSDB), na próxima segunda-feira, vai acelerar a definição do novo secretariado de Belo Horizonte. Um encontro entre o tucano, o prefeito Marcio Lacerda (PSB) e o governador Antonio Anastasia (PSDB) está agendado para bater o martelo sobre os cargos que os partidos aliados terão direito na administração municipal. 

Enquanto as lideranças das siglas que apoiaram a reeleição reclamam da demora, Lacerda deixa claro que só vai fechar a lista de nomes depois que receber o aval de Aécio, seu principal fiador. O fato demonstra a influência que o ex-governador de Minas terá neste segundo mandato.

Independentemente da conversa com Aécio, porém, uma decisão parece já ter sido tomada: a Secretaria de Esporte e Lazer não vai mais permanecer sob o comando de Roberto Tross (PSDB).

Apesar da manutenção na pasta ter sido um dos pleitos tucanos, Lacerda já teria, inclusive, comunicado ao partido que o cargo ficará com o PDT.

O nome mais cotado é o do vereador Bruno Miranda, aliado de primeira hora do socialista na Câmara Municipal. "Esse foi um dos pedidos. O partido está negociando, mas não houve ainda uma conversa com o prefeito batendo o martelo. Sei que meu nome está colocado para a vaga", admite Miranda. Seu suplente no Legislativo é o vereador não reeleito Moamed Rachid, do mesmo partido.

Lideranças do PDT, no entanto, ainda mantêm as negociações em sigilo. "Estamos aguardando um novo contato do prefeito", argumenta o presidente municipal da sigla, deputado estadual Sargento Rodrigues.

No momento, o maior entrave entre Lacerda e o PSDB é em relação aos nomes apresentados pelo partido. O prefeito não teria aprovado a lista de indicados. Em relação às secretarias, os tucanos desejam, além da pasta de Esportes, a Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), a Companhia Urbanizadora de Belo Horizonte (Urbel), a regional Venda Nova e a pasta de Obras.

Para a Sudecap, o nome sugerido é o do diretor de Irrigação da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), Reinaldo Alves Costa - o mesmo indicado em junho do ano passado para a vaga, mas colocado em espera por Lacerda.

No caso de conseguirem a Regional Venda Nova, a escolhida será a ex-deputada Gláucia Brandão. "Mas o prefeito já disse que, como já temos muitas regionais, seria difícil conseguirmos uma quinta", disse um tucano que pediu anonimato.

Já para Obras, o deputado estadual João Leite é o sugerido. Entretanto, o prefeito não estaria motivado a tirar da pasta José Lauro Terror, ex-vice-presidente da Construtel, uma das empresas que pertenceram a Lacerda. Assim, o deputado do PSDB poderia assumir a Secretaria de Políticas Sociais, a de Segurança Urbana e Patrimonial ou, até mesmo, a Extraordinária da Copa do Mundo.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247