Levy sinaliza positivamente para pleitos do Nordeste

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, sinalizou positivamente aos pleitos apresentados pelos governadores do Nordeste durante uma reunião para tratar do assunto que aconteceu nesta sexta-feira (8), em Natal (RN), com destaque para o pedido da retomada de empréstimos pelos governos estaduais.; "Temos que destravar as perspectivas de crescimento, em especial, num cenário em que a economia está desacelerando", disse

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, sinalizou positivamente aos pleitos apresentados pelos governadores do Nordeste durante uma reunião para tratar do assunto que aconteceu nesta sexta-feira (8), em Natal (RN), com destaque para o pedido da retomada de empréstimos pelos governos estaduais.; "Temos que destravar as perspectivas de crescimento, em especial, num cenário em que a economia está desacelerando", disse
O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, sinalizou positivamente aos pleitos apresentados pelos governadores do Nordeste durante uma reunião para tratar do assunto que aconteceu nesta sexta-feira (8), em Natal (RN), com destaque para o pedido da retomada de empréstimos pelos governos estaduais.; "Temos que destravar as perspectivas de crescimento, em especial, num cenário em que a economia está desacelerando", disse (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pernambuco 247 - O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, sinalizou positivamente aos pleitos apresentados pelos governadores do Nordeste durante uma reunião para tratar do assunto que aconteceu nesta sexta-feira (8), em Natal (RN), com destaque para o pedido da retomada de empréstimos pelos governos estaduais. "Temos que destravar as perspectivas de crescimento, em especial, num cenário em que a economia está desacelerando", disse o ministro

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) se disse "esperançoso" com o resultado da reunião. "O bom desse encontro é porque o ministro nos deu um horizonte de previsibilidade. O mais importante é isso. Assim, nós podemos saber onde podemos avançar. Para ter um ambiente de negócios para poder atrair empresas é preciso saber onde pode e não pode garantir incentivos", observou Câmara.

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247