Líder do PT diz que ‘Cunha não serve ao governo’

Líder do PT na Câmara dos Deputados, o baiano Afonso Florence, diz que o ex-presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi abandonado pelo PMDB por, segundo ele, não servir mais aos interesses do vice-presidente, Michel Temer, depois que ele vice assumiu a presidência da República de forma interina; "Renúncia acontece no dia seguinte ao governo ter sua grande derrota na Câmara. A maioria da Câmara que é de Eduardo Cunha, sob a liderança de Eduardo Cunha, perdeu ontem. A operação política de Eduardo Cunha não serve ao governo. Então não é mera coincidência que no dia seguinte ele renuncie", diz Florence

Dep. Afonso Florence no plenário
Dep. Afonso Florence no plenário (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Líder do PT na Câmara dos Deputados, o baiano Afonso Florence, diz que o ex-presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi abandonado pelo PMDB por, segundo ele, não servir mais aos interesses do vice-presidente, Michel Temer, depois que ele vice assumiu a presidência da República de forma interina.

"Renúncia acontece no dia seguinte ao governo ter sua grande derrota na Câmara. A maioria da Câmara que é de Eduardo Cunha, sob a liderança de Eduardo Cunha, perdeu ontem. A operação política de Eduardo Cunha não serve ao governo. Então não é mera coincidência que no dia seguinte ele renuncie", diz Florence.

O líder petista também contesta os argumentos de Cunha, que em seu comunicado de renúncia nesta quinta-feira (7), ainda posou de vítima.

"Cunha argumenta que está sendo perseguido pela PGR mesmo com todas as provas robustas de que a justiça já dispõe. Ele apresenta como agenda positiva a retirada de direitos de trabalhadores e o golpe", diz Florence.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247