Liderança do DEM declara apoio a JB e critica Machado por pressão

"Independente das arrumações para 2014, eu, Júnior Torres, estarei defendendo a reeleição de Jackson Barreto. É preciso que Machado pense Aracaju. Querer a todo custo a candidatura de João pode ser um desejo particular, mas e o coletivo? Hoje a postura de Machado parece,apenas, buscar dividir o DEM. Não se pode querer ser prefeito na tora. O DEM não pode ser apêndice do PSDB", diz presidente da juventude do DEM em Aracaju, Júnior Torres

"Independente das arrumações para 2014, eu, Júnior Torres, estarei defendendo a reeleição de Jackson Barreto. É preciso que Machado pense Aracaju. Querer a todo custo a candidatura de João pode ser um desejo particular, mas e o coletivo? Hoje a postura de Machado parece,apenas, buscar dividir o DEM. Não se pode querer ser prefeito na tora. O DEM não pode ser apêndice do PSDB", diz presidente da juventude do DEM em Aracaju, Júnior Torres
"Independente das arrumações para 2014, eu, Júnior Torres, estarei defendendo a reeleição de Jackson Barreto. É preciso que Machado pense Aracaju. Querer a todo custo a candidatura de João pode ser um desejo particular, mas e o coletivo? Hoje a postura de Machado parece,apenas, buscar dividir o DEM. Não se pode querer ser prefeito na tora. O DEM não pode ser apêndice do PSDB", diz presidente da juventude do DEM em Aracaju, Júnior Torres (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sergipe 247 - O presidente da juventude do DEM em Aracaju, Júnior Torres, declarou, através das redes sociais, que apoiará o projeto de reeleição do governador Jackson Barreto (PMDB). Segundo ele, o DEM já "deixou claro que não terá candidato ao governo e voltar atrás seria, no mínimo, estranho". "A população não entenderia", frisa. O demista critica ainda a posição do vice-prefeito José Carlos Machado (PSDB), a quem acusa de "querer ser prefeito na tora" e "buscar dividir o DEM". Júnior Torres é ligado ao deputado federal Mendonça Prado, um dos maiores entusiastas na aliança com o PMDB.

"Independente das arrumações para 2014, eu, Júnior Torres, estarei defendendo a reeleição de Jackson Barreto. É preciso que José Carlos Machado pense Aracaju. Querer a todo custo a candidatura de João pode ser um desejo particular, mas e o coletivo? Machado, João é o melhor gestor que conheço, Aracaju não pode perdê-lo para correr o risco de uma eleição estadual. Machado, o vice deve assumir em casos extremos e não por outros motivos. Hoje a sua postura parece,apenas, buscar dividir o DEM. Machado, pelo DEM quem deve palpitar é João, Maria, Mendonça e demais filiados. Não se pode querer ser prefeito na tora! Se a vontade de Machado prevalecer, penso em trilhar outro caminho político. O DEM não pode ser apêndice do PSDB", afirmou.

Em entrevistas recentes, Machado tem dito que dificilmente seu partido dará apoio ao governador Jackson Barreto. Ele também se mostra empolgado com a possibilidade do prefeito João Alves Filho renunciar ao cargo e disputar o governo. Caso isso não se concretize, Machado defende uma aliança entre João e o senador Eduardo Amorim (PSC), o que é totalmente rechaçado pelo grupo de Mendonça Prado, que detesta o senador e, principalmente, seu irmão, Edivan Amorim.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email