Líderes do PSDB rendem homenagens a Guerra

Lideranças do PSDB compareceram maciçamente ao velório do deputado federal e ex-presidente nacional da legenda, Sérgio Guerra, que acontece no plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe); entre os presentes estão os governadores de São Paulo e Roraima, Geraldo Alckmin e Anchieta Junior; o ex-candidato do partido à Presidência da República, José Serra; o senador paulista Aloysio Nunes; o ex-tesoureiro nacional da legenda, Eduardo Jorge, entre outros; Serra ressaltou a sua convivência com o parlamentar pernambucano e disse a sua morte “vai deixar uma lacuna muito grande na política nacional”

Lideranças do PSDB compareceram maciçamente ao velório do deputado federal e ex-presidente nacional da legenda, Sérgio Guerra, que acontece no plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe); entre os presentes estão os governadores de São Paulo e Roraima, Geraldo Alckmin e Anchieta Junior; o ex-candidato do partido à Presidência da República, José Serra; o senador paulista Aloysio Nunes; o ex-tesoureiro nacional da legenda, Eduardo Jorge, entre outros; Serra ressaltou a sua convivência com o parlamentar pernambucano e disse a sua morte “vai deixar uma lacuna muito grande na política nacional”
Lideranças do PSDB compareceram maciçamente ao velório do deputado federal e ex-presidente nacional da legenda, Sérgio Guerra, que acontece no plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe); entre os presentes estão os governadores de São Paulo e Roraima, Geraldo Alckmin e Anchieta Junior; o ex-candidato do partido à Presidência da República, José Serra; o senador paulista Aloysio Nunes; o ex-tesoureiro nacional da legenda, Eduardo Jorge, entre outros; Serra ressaltou a sua convivência com o parlamentar pernambucano e disse a sua morte “vai deixar uma lacuna muito grande na política nacional” (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pernambuco 247 - Lideranças do PSDB compareceram maciçamente ao velório do deputado federal e ex-presidente nacional da legenda, Sérgio Guerra, que acontece no plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Entre os presentes estão os governadores de São Paulo e Roraima, Geraldo Alckmin e Anchieta Junior; o ex-candidato do partido à Presidência da República, José Serra; o senador paulista Aloysio Nunes; o ex-tesoureiro nacional da legenda, Eduardo Jorge; o líder da sigla na Câmara dos Deputados, Duarte Nogueira; e o deputado baiano Antônio Imbassahy. José Serra, um dos quadros mais importantes do PSDB, ressaltou a sua convivência com o parlamentar pernambucano e disse a sua morte “vai deixar uma lacuna muito grande na política nacional”.

Para o tucano paulista, “Sérgio Guerra era um político nacional, mas sem jamais perder o vínculo com Pernambuco, estado pelo qual tinha imensa devoção e pelo qual trabalhou muito. Eu convivi muito de perto com ele, tanto como presidente nacional do PSDB quanto como um dos coordenadores da minha campanha à Presidência da República. Sérgio vai deixar uma lacuna muito grande na política nacional”, disse em uma rápida conversa com os jornalistas.

O corpo de Sérgio Guerra, que faleceu na manhã desta quinta-feira (6), no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, em decorrência de complicações causadas por um câncer, chegou ao Recife por volta das 6h30 desta manhã. A cremação acontecerá ainda nesta tarde, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email